Seguidores

Acompanhe-me nas Redes Sociais


Gostaste? Então, (com)partilha nas Redes Sociais

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

O Futuro


Imagem daqui.

Recentemente, tive consciência do significado da frase: “O futuro só a Deus pertence”. Nunca tinha pensado bem no significado desta frase, até há bem pouco tempo, dias até… Mas voltemos um pouco atrás nas esferas do tempo para entenderem o porquê desta reflexão acerca da frase: “O futuro só a Deus pertence”.

Tudo começou basicamente quando me apaixonei e me decidi a lutar pela pessoa que amava, estava determinada a conquistá-la e para tal quis conhecê-la profundamente, compreendê-la, ser o abraço que a tranquilizava e lhe dava segurança, ser o lenço que lhe limpava as lágrimas dos seus olhos, enfim… Então, comecei a estudá-la através da Astrologia. O amor tem destas coisas, faz-nos cometer actos um pouco fantasistas e ver quem amamos com óculos de lentes cor-de-rosa. Podia dar-me para pior, não?

Porém, não consegui “levar a água ao meu moinho”, isto é, atingir os meus objetivos da maneira que eu queria, pelo que não consegui conquistar o seu coração afetivamente. Foi um bocado difícil aceitar que esta batalha não ia vencer e nem mesmo havia esperança de ganhar a guerra. Mas é assim vida, não tinha outra alternativa e aceitei a perda. Hoje compreendo que não estávamos destinadas uma para a outra e somos apenas boas amigas.

Esta experiência do primeiro amor foi muito gratificante, apesar de ter sido doloroso no momento do esquecimento, porém abriu-me portas e janelas que estavam fechadas há muito, mas que eu precisava abrir e aventurar-me num mundo novo: a espiritualidade e, a astrologia foram as chaves para começar uma nova vida. Levei esta ciência tão a sério que fiz um curso e mais tarde optei por exercer esta atividade profissional.

A Astrologia permite-me realizar um profundo trabalho de autoconhecimento, pois ao conhecer a minha alma e ao compreendê-la, tenho mais capacidade para conhecer, compreender e aceitar as pessoas que me rodeiam tal como elas são, com todas as suas exactas características tão marcantes. Na Astrologia não se emprega expressões tais como: é bom, é mau, tem muitas qualidades, ou é cheio de defeitos… Aprendemos que cada um de nós é um ser em constante estado de evolução espiritual. Aprendemos a olhar a pessoa como um Todo, pois é do Todo que provimos. Afinal, Somos Todos Um.

A Astrologia é talvez uma das ciências esotéricas, que melhor podem contribuir para o desenvolvimento da espiritualidade tanto a nível pessoal, como nas relações com as pessoas que nos rodeiam. Estudos de Grandes Escolas de Pensamento, revelam que a Astrologia, ajuda a amenizar o karma através do estudo do Mapa Astral de cada um. Pode ser uma ideia deveras utópica, mas seria muito bom que nas escolas incluíssem a Astrologia como disciplina de ciência esotérica, por exemplo. Ilustres Pensadores desejaram realizar este projeto, no entanto a dominante Religião Católica, ainda hoje não vê a Astrologia como uma ciência benéfica e portanto, este projecto tem sido sempre rejeitado e ignorado.

Estes procjetos materializar-se-ão no dia em que deixar de haver religiões, ideias dogmáticas e preconcebidas, pois é através deste tipo de ideias que nascem os preconceitos e a hipocrisia. Como será bom quando a Astrologia for uma disciplina escolar, as pessoas tornar-se-ão mais tolerantes, conscienciosas e compreensivas para com os outros, até para consigo mesmas e deixaram de ser tão egoicas. O ego é o responsável por tanta infelicidade e pelo atraso na evolução espiritual. Com a Astrologia, podemos fazer o que Jesus disse: “Amarás ao teu próximo como a ti mesmo”, - Mateus 22, 35-38. Percebi isto recentemente ao ler um livro de uma Grande Escola de Pensadores e, depois de reflectir acerca do assunto concluo que está absolutamente correto. Estudar Astrologia é o método para seguir este mandamento.

Contudo, o estudo da Astrologia a que me estou a referir não inclui as previsões para o futuro, como inúmeros curiosos desejam conhecer. Os prognósticos revelados pelas previsões, são muitas vezes tendências e isto não quer dizer que as coisas aconteçam, ou não aconteçam. Faço previsões, sim, mas com uma certa relutância, embora sejam para os clientes. Para mim, não as faço. Não me sinto bem com isso, nem gosto.

Em momentos de crise e em fervoroso tumulto tenho consultado os astros, ou o Tarot para tentar compreender o que me estava a acontecer e recorria também à prática da meditação com visualização criativa, pedindo para ver as respostas de forma a tranquilizar o meu espírito. No entanto, nestes momentos não consigo ver nada com clareza para mim. A perturbação é grande e o medo imenso, o que me confunde inteiramente. Oro pedindo por sinais que não me deixem qualquer tipo de dúvida e sejam muito claros, porém, os sinais só aparecem quando Deus quer e não quando eu determino. É sempre assim. Só depois de ter feito muita meditação e de ter voltado a estes estudos é que me reequilibro, ficando desbloqueada e portanto, consigo ver os sinais que Lhe pedi. Às vezes vejo que já os tinha visto, mas como estava tão absorvida pelo momento de desespero não liguei por acreditar ser ilusão.

No final, quando compreendo o porquê das coisas estarem a acontecerem desta maneira, fico mais tranquila e aguardo pelos dias bons que hão-de voltar. Nada na vida é eterno e isto inclui também as tristezas e as desilusões. O importante é manter a esperança e a Fé.

Há medida que os meus estudos astrológicos vão avançando, adquiro mais consciência em relação à espiritualidade e entendo que um astrólogo é sempre um estudante em ascensão. Os momentos de crise, seja em que área for, servem para nos amadurecer e nos ajudar a evoluir espiritualmente. Pouco importa que gostemos, ou não, porque é quando passamos por momentos difíceis que procuramos respostas e procuramos por ajuda neste âmbito, é quando nos voltamos para Deus. Só Ele sabe o que é bom para seus filhos. É por isso que a nossa busca espiritual, não deve ser para conhecer o futuro porque este de facto, só Deus o conhece. Através dos meus estudos creio que já consegui compreender, porque não devemos conhecer o futuro. Vistas bem as coisas o futuro não existe, pouco importa se é a curto ou a longo prazo. É por isso que se diz que: “O amanhã ainda ninguém o viu.” O futuro é fruto da nossa imaginação, porque ao sonharmos acordadas(os), estamos a abrir-mo-nos para a realização do que estamos a projectar, a sonhar. Se aquilo que sonhamos estiver destinado no nosso registo, então irá acontecer de alguma maneira. Porém, o ser humano é um ser errante, muito insatisfeito, caprichoso e impaciente, extremamente egocêntrico. Parecemos aquelas crianças birrentas que querem tudo na hora, que não sabem esperar e é nessa medida que procuramos alguém que nos confirme que o que desejamos vai realmente acontecer, só que acabamos por exigir um prazo! Quando pedimos um prazo, é porque estamos num processo caótico e perdemos completamente o bom senso. É IMPOSSÍVEL SABER UM PRAZO! Estamos tão impacientes que nem percebemos que ao fazermos tal exigência estamos a expor-mo-nos e a abrir a porta para que sejamos vigarizadas(os)! Depois o tempo vai passando e aquele prazo acaba por passar também, sem que aquele acontecimento tão desejado se materializar e então, senti-mo-nos frustradas(os).

O que é que correu mal aqui, qual foi o erro? - Questionamo-nos obcecadamente... Pois eu creio que, já tenho essa resposta, mas penso que cada um deve analisar a sua própria experiência e tirar o seu veredicto. Segundo a minha experiência e análise, sempre que conseguimos antever algo do futuro, este afasta-se ou muda...

Porque é que isto acontece?

Porque ao termos um vislumbre desse futuro tão promissor a nossa actitude muda e não agimos naturalmente, porque damos aquilo como certo. Se não tivéssemos sido curiosos, ou se tivéssemos confiado na nossa intuição e Fé em Deus, talvez então as coisas que vimos no futuro realmente acontecessem.

Ver o futuro, nunca é bom porque acabamos sempre por sofrer. Se é bom, ficamos tão expectantes e ansiosas que bloqueamos a possibilidade de acontecer. É como se o afastássemos de nós. Estragamos tudo!...

Se por outro lado, o que vimos não nos agrada ficamos a sofrer por antecipação, porque não conseguimos deixar de pensar naquilo, vivendo obcecadamente com aquele pensamento na ideia que não nos dá paz e entramos numa vibração negativa provocada pelo medo. O medo é um dos nossos maiores inimigos e por darmos atenção a ele, o que tanto tememos acontece…

Assim, chego à conclusão de que realmente “O futuro a Deus pertence…” e que o melhor é ter Fé e não querer, nem procurar saber o futuro. As coisas só acontecem quando é o momento certo para acontecerem. Tudo tem seu tempo. Actualmente, quando faço meditação e quando oro, peço apenas que me enviem Paz, coragem, paciência e compreensão para os momentos difíceis que estiver a passar. Acrescento ainda que não estou a fazer a meditação para ver nenhum acontecimento futuro, apenas pretendo energizar-me e recuperar o meu bem-estar físico, mental e emocional.

Cris Henriques

Roupa Nova–De Volta Pró Futuro. Saudades desta música, que dedico aos meus leitores e também Amor. Não ao primeiro Amor, mas ao último Amor que me acompanha há muitas vidas. Vida Presente, vida passada e vida futura. O Amor que é foi e será.

5 comentários:

  1. Boa noite minha amiga...
    Ai Cris.. que post lindo.. adorei saber mais..
    Eu também acredito que o Futuro a Deus Pertence..
    Só Ele sabe o que é melhor pra nós.
    Também acredito que Ele sempre nos dá 02 opções de escolhas.. sempre!!
    Daí podemos fazer as escolhas que mais achamos certas.. por muitas vezes tomamos o caminho errado.. mas isso também é válido... já que os erros nos ensinam muito...

    Adorei
    Beijinhos
    Sheila

    ResponderEliminar
  2. Parabens pelo blog achei muito interessante esse post seu....essa musica do Roupa Nova e simplesmente linda.... bjs
    http://balaiodegat.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  3. Um lindo post Cris gostei dessa parte:
    Porém, o ser humano é um ser errante, muito insatisfeito, caprichoso e impaciente, extremamente egocêntrico.
    O seu estudo fez toda diferença na sua vida acho interessante mesmo, apesar de nunca ter me aprofundado, mas como disse não para saber o futuro, mas talvez para entender alguma questão que estejamos passando no momento. No final disse bem tudo tem seu tempo e o futuro pertence a Deus.

    ResponderEliminar
  4. Amiga, o que de melhor me aconteceu hoje, foi ter vindo aqui e ler este texto, que para mim, é de uma sabedoria imensa! Você sabe das coisas e nos transmite paz interior ao colocar seus pensamentos sábios.
    Concordo contigo e muito! Embora a religião católica nos indica "proibido" mas sendo Deus um único, acredito que religião não salva ninguém!
    Maravilhoso!!
    Amiga, deixei um recadinho ultimo no MSN ok?
    Beijo da amiga Ivany

    ResponderEliminar
  5. Cris, querida!
    Tudo bem?
    MARAVILHOSO teu texto!
    Creio que estava precisando dele, de ler palavras assim, te confesso que sou extremamente curiosa a respeito do futuro, e achei muito interessante a tua visão a respeito de que, de qualquer forma, o mudaríamos, pois nossa percepção mudaria também em razão de sabermos de algo, bom ou ruim.
    Também achei interessante a questão da evolução. Penso que existam coisas inevitáveis, mas muitas nós é que traçamos. Para as inevitáveis, a serenidade para aceitá-las.
    Fiquei com diversas dúvidas, principalmente no que tange a amor. Será que existem encontros inevitáveis também? Ou seja, pessoas que deveriam se encontrar nesse plano, vão mesmo se encontrar? Que lição se pode tirar disso?

    Beijos e ótimos dias!

    ResponderEliminar

Olá!

Seja bem-vinda/o ao blogue O Que O Meu Coração Diz.

Fique à vontade para deixar o seu comentário. Se for a primeira vez que me visita deixe com a sua mensagem o nome e o link do seu blog para que eu possa retribuir a sua visita.

* Os comentários deste blog devem falar acerca das respectivas postagens.

* Os comentários serão todos moderados e ficarão visíveis após revisão.

* Comentários ofensivos serão imediatamente apagados.

Obrigada pelo seu comentário e pela visita.

Beijos e abraços para todos,

Cris Henriques
(Autora do livro «O Que O Meu Coração Diz», criadora e administradora do blogue.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tradutor do Google

Acerca das imagens do blog...

Algumas imagens contidas no blog foram colocadas nas postagens apenas para ilustrar o conteúdo, dando-lhe mais beleza. Essas imagens foram encontradas no navegador Google e estão inseridas noutros sites, ou blogs. Se alguma dessas imagens for sua, peço que me informe pelo Formulário de Contacto, ou pelo meu e-mail para que eu a possa retirar e substituir.

Conversor Tipográfico

From:
To:
Result:
UnitConverter.org - the universal assistant for all of your unit conversion needs.

Siga por Email

Recebe Grátis a Newsletter

Adiciona o teu Em@il para receberes as actualizações:

Enviado por FeedBurner

DigNow