Seguidores

Acompanhe-me nas Redes Sociais


Gostaste? Então, (com)partilha nas Redes Sociais

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Blocos de Notas Modernos


Já alguma vez teve uma inspiração para escrever um poema, ou para escrever um conto e subitamente não teve como anotá-la?

Eis duas situações possíveis…

  1. Tenta concentrar-se e até memorizar aquele pensamento, para não se esquecer e anseia por chegar a casa o mais rapidamente possível para o digitar no seu computador, pois está num local público, como por exemplo, no metro e lamentavelmente nem um guardanapo tem para escrever aquela ideia. O telemóvel toca e você atende.
  2. Está a dormir profundamente e de repente acorda porque toma consciência de que aquele sonho pode dar um belo conto. Porém, não tem nada perto que não a impeça de se levantar para anotar aquela ideia. A única coisa em cima da mesa-de-cabeceira é o seu telemóvel. Para não perder aquela ideia, sabe que isto implica que se levante da cama e que vá procurar uma caneta que escreva e um papel, mas isto vai originar também com que desperte e como já é tarde, amanhã é dia de trabalho e levanta-se cedo para ir trabalhar.

Então como resolve estas situações?

  1. Levanta-se para procurar um papel e uma caneta, arriscando-se a perder o sono.
  2. Volta-se para o outro lado da cama e adormece instantaneamente sem raciocinar na questão.


Estas inspirações também já me aconteceram e continuam a acontecer inesperadamente, principalmente durante a noite. Como não sou uma escritora do século XIX, ou XX, não uso regularmente o bloquinho de notas, nem um caderno, ou agenda. Não. Usar bloco de notas, caderno, ou até agenda já não são coisas muito práticas, além de serem prejudiciais em termos ecológicos. O único bloco de notas que geralmente utilizo, é o programa que vem instalado no computador e tem esse nome.

Imagem aqui


Quanto usamos um papel para tomar nota de algo, o destino dado a esse papel depois de ser útil e da ideia ter sido passada para o computador, é o lixo, ou a reciclagem que é menos mal.

Assim, encontrei um método mais inovador que não prejudica a natureza e que também me economiza o tempo: escrevo as minhas ideias no telemóvel e faço-o desde 2006. Escrevi praticamente todo o meu primeiro livro usando este método e não pensem que o meu telemóvel era daqueles todo “xpto” com uma tecnologia muito avançada. Não. Usava o modelo 6080 da Nokia.

Imagem aqui

Actualmente, possuo o equipamento Samsung Blade e escrevo tudo com ele: poesias, crónicas, resenhas, contos, posts para o blog, etc. Para passar os textos para o computador também é muito prático: crio um MMS – Multimedia Messaging Service, (em português: Serviço de Mensagens Multimédia) e depois envio para o meu e-mail.

Imagem aqui


Pronto, está feito e assim não perco as minhas inspirações, nem ideias! É um método bastante eficaz e seguro. A seguir é só ir ao meu e-mail, abrir a mensagem, copiá-la e colá-la no word. Ajeita-se o texto, corrige-se, acrescenta-se mais coisas ou não, conforme a sua inspiração.

Se for uma postagem para o seu blog faz o mesmo que descrevi no parágrafo acima, mas deve limpar a formatação do MMS e fazer outra formatação mais adequada no word, para que desta forma não fique com uma formatação diferente da que escolheu anteriormente no Design da Template do seu blog.

Geralmente, fico mais inspirada durante a noite e por esse motivo, este método é-me mais útil. Portanto, se gosta de escrever adopte este método e seja amiga do ambiente. Pense VERDE e torne-se numa escritora, ou blogueira do século XXI!

Imagem aqui


As novas tecnologias foram inventadas para facilitar os humanos, mas penso que também podemos pensar a nível ecológico, beneficiando as nossas florestas.

Quem possui um tablet, iPhone, iPad, ou smartphone também pode utilizar este método.

Abraços a todos,

Cris Henriques J

6 comentários:

  1. Olá filhotinha!
    Como sempre, consegues surpreender-me com os teus posts. Já sabia como fazes as tuas anotações, mas nao pensei que fizesses disso um post. Mas ainda bem que o fizeste, é uma dica para alguém que precise.
    OLHA!!!! e as pessoas que usam cadernos não são do século passado!!! Pois não, pessoal da minha geração? rs rs rs
    Beijinho da mamy
    Idália Henriques
    http://falandocomosmeusbotoes.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Olá xará!
    Eu e a minha inspiração temos um relacionamento de amor e ódio. Na maioria das vezes ela contribui comigo surgindo no silêncio da noite e, como sou insone, isto não é o menor problema. E mesmo que fosse, o meu laptop está sempre ao meu lado, não seria problema se adormecesse e um sonho me servisse de inspiração.
    No entanto, em relação a nossa relação de ódio, a maldita insiste por vezes em surgir quando estou em um pub, assistindo a um show, tomando um chopp com os amigos, ou em qualquer outra balada onde se me torna impossível anotar, tal como você, não sou adepto as anotações manuscritas, mas tampouco tenho paciência de digitar no telemóvel. O resultado: acabei por perder grandes histórias ao chegar em casa e não recordar nem a metade do que havia me inspirado. Mas tento trabalhar em cima do mínimo que sobrou. Mesmo que não tenha o resultado que teria, pode acontecer de sair algo razoável ou para minha surpresa, até melhor.

    ResponderEliminar
  3. Filhotinha, pelo que me constou, o Camões até era muito afogueado! kkkkkk.
    Beijinho do coração
    http://falandocomosmeusbotoes.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Cris,
    Eu as vezes traço versos no meio da noite, e eles fluem com tanta facilidade, mas fogem de mim assim como vieram.Eu nunca tenho ânimo de levantar para escrever nada e nem mesmo no no notebook ou iphod, pois não enxergo direito e teria que pegar os óculos rsrsrsrs. E de manhã só me lembro de que eles eram bons e mais nada.
    Gostei do post querida e das dicas.
    Beijokas doces e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  5. Oi, Cris. Passei para retribuir sua visita e já fiquei por aqui. Eu aprendi a usar o bloco de notas do computador, acho bem prático e eficiente, ou rabisco em qualquer folha de papel, porque a inspiração vai embora tão rápida quanto veio. Já meu celular...não tem nem câmera fotográfica de tão simples, hahaha. Um abraço!

    ResponderEliminar
  6. Sempre tenho comigo uma cadernetinha, ali anoto logo, tem momentos que não posso mesmo anotar e termina caindo no esquecimento.
    Às vezes estou quase dormindo e vem algo eu levanto e anoto. Sei que não tenho uma boa memória mais.
    Beijos!!!!!

    ResponderEliminar

Olá!

Seja bem-vinda/o ao blogue O Que O Meu Coração Diz.

Fique à vontade para deixar o seu comentário. Se for a primeira vez que me visita deixe com a sua mensagem o nome e o link do seu blog para que eu possa retribuir a sua visita.

* Os comentários deste blog devem falar acerca das respectivas postagens.

* Os comentários serão todos moderados e ficarão visíveis após revisão.

* Comentários ofensivos serão imediatamente apagados.

Obrigada pelo seu comentário e pela visita.

Beijos e abraços para todos,

Cris Henriques
(Autora do livro «O Que O Meu Coração Diz», criadora e administradora do blogue.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tradutor do Google

Acerca das imagens do blog...

Algumas imagens contidas no blog foram colocadas nas postagens apenas para ilustrar o conteúdo, dando-lhe mais beleza. Essas imagens foram encontradas no navegador Google e estão inseridas noutros sites, ou blogs. Se alguma dessas imagens for sua, peço que me informe pelo Formulário de Contacto, ou pelo meu e-mail para que eu a possa retirar e substituir.

Conversor Tipográfico

From:
To:
Result:
UnitConverter.org - the universal assistant for all of your unit conversion needs.

Siga por Email

Recebe Grátis a Newsletter

Adiciona o teu Em@il para receberes as actualizações:

Enviado por FeedBurner

DigNow