Seguidores

Acompanhe-me nas Redes Sociais


Gostaste? Então, (com)partilha nas Redes Sociais

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Por Amor – 1ª Parte

Imagem aqui.

Dani montou-se na bicicleta e foi em busca de comida, dirigindo-se até à quinta mais próxima do seu lar que hoje era uma barraca num bairro da lata no Porto.

Ao que a sua vida tinha chegado só por ter se ter casado com a mulher da sua vida…

Estava-se no ano de 2010 e o casamento entre pessoas do mesmo sexo tinha sido aprovado em Portugal. Em 14 de Fevereiro de 2011, Dani e Sofia celebraram o seu amor na praia e casam-se apenas com o conhecimento, de alguns amigos íntimos e de alguns familiares mais próximos que sempre as apoiaram. Casaram-se numa praia ao pôr-do-sol. A cerimónia foi discreta e muito romântica, Dani fez uma serenata a Sofia ao luar, ela própria escreveu a música e a compôs, após uma noite de amor enquanto Sofia dormia. Os expressivos e lindos olhos castanhos de Sofia, emocionaram-se com imenso amor por Dani chorando de alegria. A noite sim, estava fria, mas com tanto amor e paixão existente nos seus corações, o frio quase que não se sentia.

No entanto, as coisas no emprego mudam para Dani nos 15 dias que se seguiram após a Lua-de-Mel. Ao fim dessa tarde quando já quase todos os colegas foram para seus lares, Dani atrasa-se e decide ficar mais uma hora para acabar uma apresentação. Assim, poderia namorar a sua linda esposa sem levar trabalho para casa. Porém, se ela soubesse o que lhe ia acontecer, não teria permanecido ali nem mais um minuto... Mais-valia ter levado o trabalho para fazer em casa, perto da sua amada. Isto evitaria que fosse brutalmente violada pelo chefe, que grosseiramente lhe disse que, ela só era fufa porque nunca tinha conhecido um homem de verdade!

Apesar de lutar e de gritar por ajuda, ninguém ouviu Dani. Ninguém veio socorrê-la.

No fim, ele deixou-a caída no chão e ameaçou-a que se fizer queixa dele, vai atrás da mulher dela e mata-a à facada depois de violá-la também.

Ao chegar a casa, Dani não tem como esconder o que aconteceu e conta tudo à esposa amada. Sofia chora, abraça-a e ajuda-a a escrever um e-mail de demissão, que envia logo depois de escrito, mas ela não consegue convencê-la a denunciar o horrendo crime às autoridades.

No dia seguinte, Sofia é também despedida pela sua assumida orientação sexual e então, como as duas raparigas ficam sem emprego, não leva muito tempo para perderem a casa também algumas semanas depois, porque o senhorio não quer duas fufas a morarem no seu prédio, ainda mais desempregadas e sem dinheiro para pagar a renda.

As duas ficam em casa de um amigo durante um tempo, mas João recebe ameaças de morte, por dar guarida a um casal homoafectivo. Para não arranjarem mais problemas para o amigo, as raparigas decidem sair de Lisboa e dirigem-se para o Porto. O ideal seria o Algarve, as pessoas naquela região do país pareciam ser menos preconceituosas devido ao facto de ser um local que recebia muitos turistas, principalmente turistas estrangeiros. Uns diziam que a homossexualidade era moda, por vir do estrangeiro. Outros não diziam nada, aceitavam com naturalidade. Porém, por ser um local turístico, o tipo de vida era também mais caro. Assim, optaram pela zona norte do país e estabeleceram-se no grande Porto. Imediatamente, arranjaram uma casinha pequenina, mas confortável e com vista para o rio.

Entretanto, Dani descobre que está grávida. É então que surge a primeira crise no casamento. Dani quer abortar, porque aquele ser não foi concebido com amor. Porque aquele ser não foi planeado e porque receia que se tiver a criança, sempre que olhar para ela irá lembrar-se do momento mais horrível da sua vida. Sofia entende Dani, mas é contra o aborto. Afinal, está a cometer-se um assassínio e além disso, ela sempre desejou ser Mãe um dia.


Continua…

Cris Henriques

7 comentários:

  1. Texto interessante, intrigante, desperta a curiosidade. Como termina?
    Abraço!

    ResponderEliminar
  2. Eita que situação hem aff, coitadas, além da violência ainda esta gravida? Vamos ver os próximos capítulos, gostei muito.

    ResponderEliminar
  3. Oi Amiga,
    Que decisão difícil para estas meninas,não é nada fácil. Nem opinaria pois não saberia o que dizer.Tomara que termine bem, não vejo a hora de ler os próximos capítulos. Beijinhos amiga querida!!!

    ResponderEliminar
  4. Olá Cris,
    fiquei feliz com teu comentário no meu blog Emoções!
    Também sou evangélica, e o prazer é todo tornar tua amiga através desta página. Bem vinda ao meu coração!
    Deixo aqui o selinho pra você postar no seu blog>
    http://1.bp.blogspot.com/-COAWiDeVisk/UATHN4xz_JI/AAAAAAAAB2A/N9ztv_UB_HU/s1600/selinho%2Bemo%25C3%25A7%25C3%25B5es.jpg
    URL do Blog> http://leilinhacomamigos.blogspot.com.br/
    Um super beijo e fique com Deus!
    Conheça meus outros blogs também.
    Eu! Leilinha

    ResponderEliminar
  5. Olá, Cris.
    Lamentável que ainda existam pessoas que tratem seus semelhantes com preconceito e intolerância.
    Ótimo conto, parabéns.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. Olá Cris,
    Então, vim aqui retribuir a sua linda visita no meu site-blog e fiquei feliz ao ver o seu e mais ainda que postou uma imagem do meu estado ( Rio de Janeiro )
    Agradeço a sua visita e espero que volte sempre, pois assim eu farei vindo ao seu

    Abraços,
    RioSul

    ResponderEliminar
  7. Oi
    Obrigada pelo comentário no meu blog. Posso perguntar uma coisa?
    Tu és de portugal? KKKKK
    beijos e volte sempre no Martina nas Viagens

    ResponderEliminar

Olá!

Seja bem-vinda/o ao blogue O Que O Meu Coração Diz.

Fique à vontade para deixar o seu comentário. Se for a primeira vez que me visita deixe com a sua mensagem o nome e o link do seu blog para que eu possa retribuir a sua visita.

* Os comentários deste blog devem falar acerca das respectivas postagens.

* Os comentários serão todos moderados e ficarão visíveis após revisão.

* Comentários ofensivos serão imediatamente apagados.

Obrigada pelo seu comentário e pela visita.

Beijos e abraços para todos,

Cris Henriques
(Autora do livro «O Que O Meu Coração Diz», criadora e administradora do blogue.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tradutor do Google

Acerca das imagens do blog...

Algumas imagens contidas no blog foram colocadas nas postagens apenas para ilustrar o conteúdo, dando-lhe mais beleza. Essas imagens foram encontradas no navegador Google e estão inseridas noutros sites, ou blogs. Se alguma dessas imagens for sua, peço que me informe pelo Formulário de Contacto, ou pelo meu e-mail para que eu a possa retirar e substituir.

Conversor Tipográfico

From:
To:
Result:
UnitConverter.org - the universal assistant for all of your unit conversion needs.

Siga por Email

Recebe Grátis a Newsletter

Adiciona o teu Em@il para receberes as actualizações:

Enviado por FeedBurner

DigNow