Seguidores

Acompanhe-me nas Redes Sociais


Gostaste? Então, (com)partilha nas Redes Sociais

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Consumismo em Época de Final de Ano – 3ª e Última BC do Ano Escritos Lisérgicos

ultima blogagem coletiva do ano escritos lisérgicos

Olá a todos!

Como foi o vosso Natal?

Foi repleto de Amor e conversas com Jesus, ou foi mais voltado para a matéria e para o consumismo exagerado?

O meu Natal foi bom, fiz os meus agradecimentos a Jesus e orei para Ele. Mas também houve algumas trocas de presentes.

O post de hoje faz parte da 3ª e Última Blogagem Colectiva do blog Escritos Lisérgicos do meu amigo Christian V. Louis e o tema é: Consumismo em Época de Final de Ano.

Para participar acesse o blog do Chris aqui…

Na minha opinião, todos nós somos consumistas e isto é algo que faz parte da nossa condição humana. Uns somos consumistas todo o ano, outros só mais no final na quadra festiva do Natal.

Nós humanos reencarnamos na matéria e é na matéria que nos vamos desenvolver, evoluir espiritualmente. No entanto, devemos ter bom-senso e acautelar-nos, pois embora possamos usar não devemos abusar dela. O usar e o abusar são situações opostas, uma representa o equilíbrio consciente, a outra o desequilíbrio inconsciente.

Aprendemos a usufruir da matéria, logo na infância, tal como aprendemos a generosidade. O simples gesto de partilhar, é um acto generoso e de caridade. Partilhar o lanche com um colega na escola, porque ele não tem dinheiro para comprar alguma coisa para comer, ou dar-lhe o lanche por inteiro porque não temos fome e ele tem, é um gesto generoso e também de caridade que aprendemos nos primeiros anos da nossa vida. Até em casa diariamente aprendemos esta lição, às vezes temos oportunidade de partilhar alguma coisa com o nosso irmão, ou mesmo com os nossos pais, por exemplo.

No entanto, na idade adulta tornamo-nos mais egocêntricos e individualistas, competitivos e independentes, acreditando que não precisamos de ninguém e ficamos insensíveis às necessidades alheias, pois ao valorizarmos mais a mente que o coração, deixamos de sentir tornando-nos desumanos.

O Natal, é uma época em que subitamente toda a gente fica boazinha! Na televisão, promovem-se iniciativas para ajudar pessoas mais desfavorecidas, até aos sem-abrigo é servida comida e cobertores para se aquecerem.

Então eu pergunto: durante todo o ano, estas pessoas não têm fome, nem frio?

O que é que acontece às pessoas tão generosas e boazinhas que aparecem na quadra natalícia, cheias mundos e fundos para ajudarem os carenciados?

Isto não é ser generoso nem caridoso. Isto é apenas alguém que pretende “ficar bem na fotografia”, ser bem-visto pela Sociedade em que vive.

Aqui em Portugal, o meu cantinho à beira-mar plantado está em recessão. É verdade. Há falta de emprego e muito desemprego, enfim... Existem imensos casais, ambos desempregados inscritos na Centro de Emprego. O subsídio de desemprego é muito baixo para quem sustenta uma família e está desempregado. E quem está empregado, tem um salário muito baixo, logo, o consumismo baixou, mesmo na época de Natal. As pessoas, mal conseguem ganhar dinheiro para comer, quanto mais para comprarem presentes!

O Primeiro Ministro Português, Pedro Passos Coelho está a conduzir o país à ruína e o Presidente da República Aníbal Cavaco Silva, “aplaude” as suas medidas impiedosas sem as contestar... Eles estão pura e simplesmente, a destruir o povo e o país que os elegeu, em quem confiaram acreditando que estavam a proceder bem votando neles. Mas o governo português anda muito voltado para o país germânico obedecendo bajuladoramente à Alemanha e à sua Chanceler, a Angela Merkel. É uma vergonha! Estamos entregues ao nazismo, digo-vos eu. Isto vai trazer consequências desastrosas.

No entanto, noto que o meu povo está a ficar mais humanizado e solidário com o próximo. Ajudam e entre-ajudam-se anonimamente e isto, é bom.

Pessoal e honestamente, reconheço que sou um pouco consumista. Não é só no Natal, é mais durante o ano. No fim de ano, até não sou muito. Mas gosto de comprar pequenas lembranças para quem amo, principalmente para as minhas crianças. Mas estou a trabalhar para mudar esta minha característica, porque acho que só devemos gastar dinheiro no que é necessário e não por prazer.

No entanto, para mim o Natal não tem nada a ver com a matéria. O Natal, tem a ver com a espiritualidade e com o Amor Incondicional, com o Amor a Jesus Cristo, Ele que morreu por Amor por nós. Quantos de nós nos esquecemos disto?

Quantos de nós celebramos esta data e oferecemos uma vela a Ele, agradecendo todas as Bênçãos Divinas com que somos agraciados diariamente todo o ano?

Poucos, não é?... É triste constatar isto. Ainda se diz que o Natal deveria ser todos os dias, que o Natal é quando o Homem quiser, blá, blá, blá. Não concordo com este pensamento, não se estes pensamentos não estiverem ligados a Jesus. Mas se for a pensar Nele e para ajudar os carenciados, sim, concordo.

Um Natal perfeito será quando o mundo estiver em Paz, quando as pessoas aprenderem a amarem-se verdadeiramente, para que amem ao seu semelhante sem reservas e sem preconceito. Assim, estaremos a cumprir o mandamento de Jesus Cristo – “Amai-vos uns aos outros como a si mesmo.” Num Natal perfeito, não existirá o consumismo e nem a matéria, existirá o Amor Verdadeiro.

Esta é a minha participação na Última BC do Ano de 2012 dos Escritos Lisérgicos, do amigo Christian V. Louis.

Abraços,

Cris Henriques

10 comentários:

  1. EXCELENTE POST,CRIS.

    REALMENTE,P MIM,O CONSUMISMO EXAGERADO PODE MASCARAR O VERDADEIRO SENTIDO DO NATAL.

    O MEU TB FOI BOM,COM UMA LINDA PRECE A JESUS ENTRE A FAMÍLIA E ALGUMAS LEMBRANCINHAS QUE TROCAMOS.

    OBRIGADA PELA VISITA,QUERIDA.

    FELIZ 2013 COBEERTO DE BÊNÇÃOS P VC E FAMÍLA.


    BJS

    DONETZKA

    ResponderEliminar
  2. Cris, primeiramente, não sei o que houve. Se excluiu meu comentário do post anterior acidentalmente (ou se falhou) onde desejei um Feliz Natal a você e sua mãe e comentei do presente que ganhei de si! Muito obrigado mesmo! Começarei minha leitura e, se concordar, quero divulgar seu trabalho fazendo uma entrevista, claro, se assim desejar.
    Seu post nos leva a uma reflexão muito espiritual, embora tal como eu, reconheça que tem seus momentos de consumista. Creio que todos temos e irrita-me imenso que até ateus estejam aderindo a usar imagens de crianças famintas da África para atacar "o consumismo cristão". Pergunto-me o que estas pessoas tão "sensatas" e "caridosas" estão fazendo por estes famintos além de expô-los em redes sociais...
    Pelo post da parceira Victoria que também é de Portugal, percebi que o consumismo em final de ano caiu muito por aí, infelizmente não por conscientização, e sim, por necessidade.
    Como disse a ela, não sei dizer se isto deve-se ao português ter mais consciência em tempos de crise ou se o brasileiro é que não tem noção e gasta mais do que pode dando importância material quase que exclusiva à data.
    O consumismo, em meu caso, foi o oposto, era muito mais grave na infância, onde comentei em minha participação que fui tirano e chantagista, usando a culpa de meus pais em meu benefício, contudo, tive uma orientadora incrível que foi minha mãe cujos laços sanguíneos não dividimos e se não fosse por ela, não sei como eu seria hoje. Certamente outro consumista desenfreado.
    Não há nada de errado em querer ter, o problema é quando o TER se sobrepõe ao SER e, lamentável que isto esteja se tornando cada vez mais comum.
    Muito obrigado por participar da BC, eu francamente pensei que seria a BC de uma pessoa só na história da blogosfera. rs.
    Até mais xará!


    => CLIQUE => ESCRITOS LISÉRGICOS...

    ResponderEliminar
  3. Bom dia minha linda..
    Ai que saudade!! Menina me perdoe, esse fim de ano está tudo tão corrido, mas não me esqueço nunca de você e sua mamys linda que é sempre tão carinhosa comigo.. Vocês duas são duas jóias raras que vivem bem aqui no meu coração...

    Linda sua participação na BC do Chris.. eu vou trazer a minha amanhã.
    Ainda não comecei..

    É triste se olharmos hoje e notarmos em que o Natal se transformou, para muitos apenas troca de presentes, roupa nova, comes e bebes e nada mais..
    Sinto saudade dos meus natais de criança, quando tudo era tão simples e tão mágico..
    Que Jesus possa estar em nossos corações sempre... nos trazendo amor.. paz... saúde.. sabedoria e nos ajudando a ser melhores a cada dia..

    Um beijo minha linda e que seu dia hoje seja repleto de mimos e sorrisos viu?

    ResponderEliminar
  4. otima participação nesta BC do Chris ! Aproveito para te desejar um 2013 repleto de realizações.

    ResponderEliminar
  5. Falaste tudo e muito bem! Uma ena o que está passando Portugal, ficamos tristes,. Mas aqui há também desemprego, ainda que não alardeado! E fico impressionada de ver o quanto vejo de consumismo!

    Pena!11 Desejo que teu 2013 seja lindo, cheio de realizações! beijos,fica bem!chica

    ResponderEliminar
  6. Oi, Cris, como vai? Gostei demais da sua participação. O que me chamou a atenção foi o quanto o povo, agora em momento de crise, está mais solidário. Será que é preciso a tristeza para que a bondade prevaleça? Acho que aí está a chave, Cris, ser solidário e bondoso sempre, não somente no Natal ou nas adversidades. Quando a humanidade compreender isso, o mundo será com certeza bem melhor.
    Ser consumista é questão de costume e a partir do momento em que estamos nos policiando para ser menos, já estamos provocando mudanças positivas.
    quero aproveitar e agradecer sua amizade, seu carinho, você tem uma alma bela e eu desejo em 2013 toda a felicidade que a vida puder lhe proporcionar. Saúde, alegria, paz e amor, muito amor. Um abraço, feliz 2013!

    ResponderEliminar
  7. Cris,

    Belíssimo esse teu texto de Natal!

    Pelo que pude ler, o governo português não se conduz a contento. Uma pena!

    Quanto a Jesus, sim, tenho orado por Ele. E Ele por mim.


    Abraços,

    ResponderEliminar
  8. O natal não mudou, o sentido continua o mesmo foram as pessoas que mudaram, perderam valores. Hj o que se vê é a preocupação com roupa nova, presentes e decoração, e comer, e beber... Já há alguns anos principalmente os três últimos natais tenho refletido sobre isso. Eu mudei, não me incomodo com roupa ou presente e a ceia foi simples. Este ano por exemplo eu e meu marido, não compramos roupa nova, não trocamos presentes, o importante é estarmos juntos, felizes e com saúde e agradecemos a Deus por isso. Consumismo... isso já não me pertence. Linda sua postagem Cris. FELIZ 2013!

    ResponderEliminar
  9. Esta desvirtuação da data de Natal chegou a um limite tal, que só pode agora, retroceder.Tenho esperanças que as consciências e as tradições reais se fortaleçam provocando mudanças nesta sanha louca do consumismo, principalmente nesta época.
    Que 2013 renove as esperanças em dias melhores.Um Ano Novo mais risonho, é o que lhe desejo e também a todos os portugueses.
    Abraços,
    Calu

    ResponderEliminar
  10. Olá,querida Cris
    O Natal e o amor estão em contradição com consumismo e o colocamos dentro dele aos poucos... é pena!!!
    Bjs de paz e bem em 2013

    ResponderEliminar

Olá!

Seja bem-vinda/o ao blogue O Que O Meu Coração Diz.

Fique à vontade para deixar o seu comentário. Se for a primeira vez que me visita deixe com a sua mensagem o nome e o link do seu blog para que eu possa retribuir a sua visita.

* Os comentários deste blog devem falar acerca das respectivas postagens.

* Os comentários serão todos moderados e ficarão visíveis após revisão.

* Comentários ofensivos serão imediatamente apagados.

Obrigada pelo seu comentário e pela visita.

Beijos e abraços para todos,

Cris Henriques
(Autora do livro «O Que O Meu Coração Diz», criadora e administradora do blogue.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tradutor do Google

Acerca das imagens do blog...

Algumas imagens contidas no blog foram colocadas nas postagens apenas para ilustrar o conteúdo, dando-lhe mais beleza. Essas imagens foram encontradas no navegador Google e estão inseridas noutros sites, ou blogs. Se alguma dessas imagens for sua, peço que me informe pelo Formulário de Contacto, ou pelo meu e-mail para que eu a possa retirar e substituir.

Conversor Tipográfico

From:
To:
Result:
UnitConverter.org - the universal assistant for all of your unit conversion needs.

Siga por Email

Recebe Grátis a Newsletter

Adiciona o teu Em@il para receberes as actualizações:

Enviado por FeedBurner

DigNow