Seguidores

Acompanhe-me nas Redes Sociais


Gostaste? Então, (com)partilha nas Redes Sociais

sábado, 4 de janeiro de 2014

Andorinha

O Que O Meu Coração Diz, Cris Henriques, http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com, Cartas de Amor, Amor, Amor Incondicional
Imagem da Microsoft editada por Cris Henriques




Uma andorinha voava, alegre e feliz com as suas irmãs…


Observava pela janela do meu quarto, o seu voar. Ela ia, procurava material para construir o seu ninho e depois voltava. Depois, afastava-se novamente para encontrar mais material e voltava. Era sempre assim, até que a andorinha construiu o seu ninho e teve as suas crias.

Algum tempo depois, voltei a observar a mesma andorinha. Agora ela voava com o seu par, mas com outro objectivo. Procurava alimento para os seus filhos que, entretanto, haviam nascido e piavam a pedir comida. Ela aceitava feliz a sua nova responsabilidade e por amor, voltava sempre para cuidar deles.

A Primavera passou a correr dando lugar ao Verão, ou melhor, passaram a voar! As crias cresceram, aprenderam a voar e a procurar alimento. Aprenderam a cuidar de si mesmas e o Outono chegou enfim.

As andorinhas partiram para um lugar mais quente, levando com elas a alegria e deixando uma grande tristeza. O céu já não era azul, era cinzento e chorava com saudades da alegria das andorinhas.

Foram dias difíceis, esses, sim. Também eu estava triste...

Então, um dia acordei e olhei a janela. Estava um dia lindo, soalheiro e o sol brilhava iluminando tudo com a sua luz divina. O céu agora estava azul, outra vez e havia novas flores nascidas no solo fértil. Tinha chegado a Primavera!

E as andorinhas? — Perguntam vocês.

As andorinhas voltaram, vieram com os seus bandos alegres e felizes como antes. Parecia que nada se tinha passado, estava tudo tranquilo.

Hoje sei que és assim também, vejo e aceito isso. Há períodos na vida em que tens de ir, precisas afastar-te, pois tens as tuas tarefas que executas com amor. Precisas viajar, conhecer novas paragens, precisas conhecer-te.

Esta é a tua natureza, como a de uma andorinha. Ninguém pode “prender-te”, nem mesmo numa gaiola dourada, que mesmo bonita iria sufocar-te. Precisas voar. E depois quando te libertas da gaiola, voas para longe para não mais voltar.

É por amor que te liberto, voa. Saudosa fico à tua espera e tu um dia voltas, como a alegre andorinha num lindo dia de Primavera e tudo fica tranquilo.

Amo-te,

Cris Henriques

12 comentários:

  1. Belíssimo, Cris!
    O amor desgarrado, sem a contaminação da possessão é aquele mais evoluído, menos dependente ou dependedor.
    Apenas o auto conhecimento e auto estima levam a este patamar, crucial para o feliz desapego.

    Um abraço do Brasil (num verão se 27º pela manhã).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cristina.

      Feliz 2014 com tudo de bom.
      O amor verdadeiro existe, quando nos dispomos a amar o outro como é e aceitando todas as suas características.

      Obrigada pela tua presença aqui.

      Beijos

      Eliminar
  2. Puxa, Cris, que texto lindo! O amor verdadeiro é mesmo assim, liberta para que a pessoa amada absorva do mundo suas alegrias e retorne alimentada para nós. Acho de um egoísmo absurdo pessoas quererem prender outras a um relacionamento, ninguém é feliz com o sentimento de estar aprisionado e não, amado. Um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Bia.

      Esta é a minha visão e também a minha experiência com o amor.
      Obrigada pela companhia.

      Beijos

      Eliminar
  3. São lindas as andorinhas..,.A sua chegada anuncia a Primavera...

    Imagem muito bela

    Desejo um feliz Fim-de-semana
    Deixo cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ricardo!

      Feliz 2014 e obrigada pela tua presença.

      Beijos

      Eliminar
  4. Olá Cris,
    Eu sempre fui uma andorinha liberta, nunca gostei de gaiolas e também não engaiolo ninguém. Por mais medo que se tenha que um amor se vá, mais rápida é sua partida.
    Se não houver confiança e comprometimento mútuo não há vida a dois.
    Coloquei-a na minha lista de blogs amigos
    Um beijo
    Lua Singular

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dorli.

      Feliz por estares aqui.
      O amor não prende, liberta.

      Beijos

      Eliminar
  5. Oi Cris, tudo bem amiga?!
    Muito lindo o texto.
    Devemos deixar livres as pessoas que amamos,
    amor nenhum sobrevive ao aprisionamento.
    bjs!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga Clau.

      O amor deve ser libertador, sem cobranças.
      Obrigada pelo carinho.

      Beijos

      Eliminar
  6. E eu fico imaginando como é linda a natureza. E como nos ensina as leis da vida. Até mesmo um passarinho tem uma lição de amor para nos ensinar. Basta que tenhamos olhos de ver e ouvidos de ouvir. Muito lindo o seu texto. Parabens!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga M. de Lourdes! :)

      Todas as criaturas de Deus, são nossos professores no que diz respeito ao Amor Incondicional. As andorinhas, ou as borboletas, por exemplo, mostram-nos também outra forma de amar.
      No caso, o post é uma carta de amor ao meu Amor.

      Obrigada.

      Beijos

      Eliminar

Olá!

Seja bem-vinda/o ao blogue O Que O Meu Coração Diz.

Fique à vontade para deixar o seu comentário. Se for a primeira vez que me visita deixe com a sua mensagem o nome e o link do seu blog para que eu possa retribuir a sua visita.

* Os comentários deste blog devem falar acerca das respectivas postagens.

* Os comentários serão todos moderados e ficarão visíveis após revisão.

* Comentários ofensivos serão imediatamente apagados.

Obrigada pelo seu comentário e pela visita.

Beijos e abraços para todos,

Cris Henriques
(Autora do livro «O Que O Meu Coração Diz», criadora e administradora do blogue.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tradutor do Google

Acerca das imagens do blog...

Algumas imagens contidas no blog foram colocadas nas postagens apenas para ilustrar o conteúdo, dando-lhe mais beleza. Essas imagens foram encontradas no navegador Google e estão inseridas noutros sites, ou blogs. Se alguma dessas imagens for sua, peço que me informe pelo Formulário de Contacto, ou pelo meu e-mail para que eu a possa retirar e substituir.

Conversor Tipográfico

From:
To:
Result:
UnitConverter.org - the universal assistant for all of your unit conversion needs.

Siga por Email

Recebe Grátis a Newsletter

Adiciona o teu Em@il para receberes as actualizações:

Enviado por FeedBurner

DigNow