Seguidores

Acompanhe-me nas Redes Sociais


Gostaste? Então, (com)partilha nas Redes Sociais

sábado, 27 de fevereiro de 2010

II - Nosso Amor É...

Olá a todos os que visitam o meu Blog!

Todos os que passam por aqui e leram os meus poemas, com certeza que já notaram que este blog dirige-se principalmente a mulheres lésbicas, ou como gosto de dizer, ao amor no feminino. Sou uma mulher romântica que ama intensamente. Porém, todas as pessoas estão convidadas a ler este blog, ou o meu livro «O Que O Meu Coração Diz» independentemente das suas preferências sexuais, uma vez que o livro fala de amor.

Estamos no final de Fevereiro, que é representado como o mês do Amor. Dia 14 foi dia de São Valentim e este é um dia em que todos os apaixonados trocam presentes passando todo dia juntos, ou mesmo a noite. Porém, os apaixonados não são só os casais Homem e Mulher, mas também Homem e Homem, Mulher e Mulher. Sim, os casais Homossexuais também namoram e amam-se como qualquer casal dito “normal”, como ouço certas pessoas dizerem.



Infelizmente a nossa sociedade é muito preconceituosa ainda e não acredita que entre duas pessoas do mesmo sexo, possa existir sentimentos tão bonitos, tão puros e tão verdadeiros como o Amor. Há muitas pessoas que pensam que o Amor entre homossexuais é pura depravação, que é até contra-natura e muitos católicos dizem que é pecado!


Ora bem, desde quando é que Amar é tão mau, ou é pecado?

O Amor é um sentimento bonito, profundo que deve ser partilhado entre dois seres não importa o sexo que tenham, tal como não importa a raça e muito menos a religião. O Amor é sempre e será sempre o Amor. Pena que as pessoas não queiram entender as coisas como elas são… O mundo um dia será um lugar bonito quando as pessoas compreenderem e aceitarem as diferenças de cada um, pois somos todos diferentes quer seja físico, ou intelectualmente. Cada um com a sua personalidade e cada um com os seus gostos. No entanto, interiormente somos iguais. Todos temos um coração revestido de emoções, sentimentos e nós lésbicas, ou gays não somos diferentes dos heterossexuais neste sentir.


Recentemente, foi aprovado em Portugal o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Este tema tem sido muito polémico, particularmente entre os heterossexuais homofóbicos do nosso país. Essas mentes perversas dão-se ao luxo de criarem piadas e anedotas acerca do assunto, enviando por e-mails para toda a gente e depois acham muita graça! Ora bem, eu sou uma pessoa com sentido de humor e até gosto de anedotas, aprecio o humor inteligente sobretudo, só não entendo qual é a graça de fazer piadas acerca de casais homossexuais.
Será que não temos direito à felicidade amorosa?

A meu ver isto tem um nome e chama-se: Descriminação Sexual. Para os leigos, qualquer tipo de descriminação é crime, tal como a homofobia. É tão bom amar e partilhar as nossas vidas com quem amamos, as nossas alegrias e as tristezas, as nossas vitórias e as derrotas, a nossa saúde e a doença. E por falar em doença, na antiga lei quando uma de nós estava internada no hospital, a nossa amada companheira de vida não podia ver-nos. Se uma de nós desencarnava, não bastava a dor de perdermos o nosso amor, como ainda ficávamos sem direitos nenhuns. Depois apareciam os herdeiros para reclamarem o seu quinhão no testamento, os familiares que repudiaram o amor da nossa vida e lhe viraram as costas quando finalmente teve coragem para “sair do armário”, assumindo o seu ser. São esses mesmos familiares que tiveram anos sem fazerem um telefonema para saberem, simplesmente, como estava a nossa amada sem qualquer interesse de preocupação.

São então estas pessoas que devemos considerar como familiares?

Quanto a mim, não passam de um bando de abutres que aparecem na pior altura das nossas vidas. Altura essa em que estamos mais fragilizadas e sozinhas, quando perdemos o nosso amor, que para nós era o nosso “Fio de Ariadne”, a quem chamámos de vida.


Porque não podemos amar simplesmente?

É tão bom ver o nascer, ou o pôr-do-sol com a nossa cara-metade, poder abraçar e namorar ao luar. Tudo o que nós procuramos na vida é o amor, amar e ser amadas. Foi por isso que nascemos. No entanto, muita gente não sabe o que isso é e talvez seja por esse motivo que condena quem ama, perseguindo e reprimindo. No fundo são uns tristes, frustrados por não serem amados.



Com este post não pretendo chocar mentalidades e muito menos ofender alguém. O que pretendo realmente é mostrar às pessoas com mentes mais antigas, que ser homossexual não é nenhum bicho-de-sete-cabeças, nem é uma doença e muito menos daquelas contagiosas. Somos seres humanos como qualquer outro. Respeitem-se e respeitem-nos, mas acima de tudo sejam felizes, amem-se e deixem-nos ser felizes também. Nós agradecemos.



Este é um dos desejos que nós queremos ver realizados e para terminar este post, despeço-me com mais um poema do meu livro, que espero que seja do vosso agrado. Chama-se: II - Nosso Amor É... e pertence ao Capítulo 1 - Amor. A foto foi cedida pela Susana Alves e foi tirada na Serra da Estrela.


(Clique na fotografia para ler a poesia melhor).


II - Nosso Amor É...


“O meu amor por ti
É grande e profundo
É o mais forte que senti
Por ti enfrento o mundo.


O teu amor por mim
Enche-me de alegria
É a força interior em mim
Minha fonte de energia.


O amor que tens por mim
Ajuda-me a viver
Mesmo estando a milhas de ti
Nos teus braços vou renascer.


O amor que sinto por ti
Transforma a minha vida
Ajuda-me a evoluir
Renova a esperança devida.


O teu amor por mim
Ilumina-me o coração
Transmito essa luz para ti
Selando a nossa união.


De tão belo e tão profundo
O amor muda a sociedade
Vai trazendo a cura ao mundo
Acabando com a maldade.”



Abraços,

Cris Henriques

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olá!

Seja bem-vinda/o ao blogue O Que O Meu Coração Diz.

Fique à vontade para deixar o seu comentário. Se for a primeira vez que me visita deixe com a sua mensagem o nome e o link do seu blog para que eu possa retribuir a sua visita.

* Os comentários deste blog devem falar acerca das respectivas postagens.

* Os comentários serão todos moderados e ficarão visíveis após revisão.

* Comentários ofensivos serão imediatamente apagados.

Obrigada pelo seu comentário e pela visita.

Beijos e abraços para todos,

Cris Henriques
(Autora do livro «O Que O Meu Coração Diz», criadora e administradora do blogue.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tradutor do Google

Acerca das imagens do blog...

Algumas imagens contidas no blog foram colocadas nas postagens apenas para ilustrar o conteúdo, dando-lhe mais beleza. Essas imagens foram encontradas no navegador Google e estão inseridas noutros sites, ou blogs. Se alguma dessas imagens for sua, peço que me informe pelo Formulário de Contacto, ou pelo meu e-mail para que eu a possa retirar e substituir.

Conversor Tipográfico

From:
To:
Result:
UnitConverter.org - the universal assistant for all of your unit conversion needs.

Siga por Email

Recebe Grátis a Newsletter

Adiciona o teu Em@il para receberes as actualizações:

Enviado por FeedBurner

DigNow