Seguidores

Acompanhe-me nas Redes Sociais


Gostaste? Então, (com)partilha nas Redes Sociais

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Assexuados: Qual a sua opinião? – 1ª BC do blog Eternamente VV

ASSEXUADOS BC ETERNAMENTE VV
Imagem aqui.

1ª Blogagem Colectiva do blog Eternamente VV
 
De 17 a 20 de Setembro de 2012
 
Título: Assexuados - Qual A Sua Opinião?
 
Organizada por: Verinha
 
Olá a todos os participantes da 1ª blogagem colectiva do blog Eternamente VV, em http://eternamentevv.blogspot.com.br.
 
Introdução
 
Antes de mais, dou-te os meus Parabéns, amiga Verinha pela tua iniciativa e pelo tema escolhido, que nos trará mais informação acerca da assexualidade e também maior conhecimento.
 
As blogagens colectivas têm o objectivo de reunir pessoas, blogueiros para se discutirem temas da nossa sociedade em geral, ou temas profundos e às vezes polémicos. Porém, devemos ter sempre a mente aberta e aceitar as opiniões de cada um, respeitando-o sempre. Na vida as coisas funcionam do seguinte modo: se queres ter Amizades, sê o primeiro a ser amigo dessas pessoas; se queres Amor, sê o primeiro a amar; sê queres ser perdoado, sê o primeiro a perdoar. Por outras palavras, não esperes receber o que não podes, ou não aprendeste a dar.
 
No entanto, quando deres fá-lo desinteressadamente. Nunca dês a pensar na recompensa, pois isso não é dar. Isso é trocar. Quando deres, dá com amor.
 
MC900438726
Imagem aqui.
 
Começando…
 
Sobre a assexualidade, tive que pesquisar acerca do assunto, pois, em Portugal ainda estamos um pouco atrasados e não se sabe o que é um ser assexuado. Quando se pergunta a alguém, a resposta que se ouve é: “uma pessoa não pratica sexo”, ou “alguém que não gosta de sexo”. No dicionário português online da Porto Editora diz o seguinte:

adjetivo

1. BIOLOGIA sem sexo

2. que não parece pertencer a um sexo determinado

3. que parece não ter desejo ou vida sexual;

BIOLOGIA reprodução assexuada reprodução em que não há o concurso dos gâmetas, reprodução orgânica.
 
(Do grego a-, «sem»+latim sexu-+-ado)
 
 
Contudo, pesquisei em vários sites tais como na Wikipédia, no Situado, no Mundo das Tribos e no ABC da Saúde. Então aprendi que a assexualidade, é considerada para alguns como uma orientação sexual, tais como: a heterossexualidade, a homossexualidade, a bissexualidade, a transsexualidade, etc. Outros dizem que pode ser inibição sexual, que a pessoa em questão não encontrou a pessoa certa que lhe estimulasse o desejo.
 
Aprendi que ser assexual, não é o mesmo que ser celibatário. Os celibatários, optam por não se relacionarem sexualmente com ninguém. Enquanto, que os assexuais simplesmente não sentem desejo e nem interesse por se relacionarem sexualmente, nem sofrem com isso. Mas na verdade, ainda médicos e cientistas ainda estão a estudar o assunto.
 
Nunca pensei que a assexualidade, fosse uma orientação sexual até há poucos meses atrás quando li acerca deste assunto no blog Café Entre Amigos, da amiga Patrícia Galis e também no blog Escritos Lisérgicos, do amigo Christian V. Louis.
 
Pessoalmente, não tenho nenhum conhecimento de alguém do meu círculo social ser assexual, se houver não é uma coisa assumida ainda. Porém, conheço uma moça que pode muito bem ser assexual. Senão, vejamos… Com 34 anos de idade, ela nunca teve nenhum namorado e ao que tudo indica, continua virgem. Ela não demonstra sentir interesse sexual nem por homens, nem por mulheres. Nem mesmo quando ela era adolescente, enquanto as primas e amigas da mesma idade, falavam de rapazes e de desejos sexuais, ela não manifestava esse tipo de interesse. Nessa altura, em que também era adolescente cheguei a pensar que ela fosse lésbica, como eu. Mas agora vendo por este ponto de vista, ela talvez seja mesmo assexual. Ela age com naturalidade, nem pensa em casar com ninguém e não pensa em sexo. Por isso, não ponho de lado a ideia dela ser assexual, não sei.
 
Como não sou uma pessoa preconceituosa, vejo a assexualidade como orientação sexual e sem maldade. Cada pessoa é como é e ninguém tem nada com isso, pois temos liberdade para sermos o que quisermos ser. Desde que nos sintamos bem connosco próprios, é o que importa.
 
A sociedade em que vivemos, continua muito preconceituosa e cria rótulos para tudo. Acho isto um perfeito disparate. O preconceito e o sentido crítico gera pessoas com mentes muito limitadas, demasiado racionais e apaixonadas pela sua mente. A vida para elas é vivida calculadamente e desprovida de sentimentos, como a espontaneidade e a paixão.
 
E aqui fica a minha participação…
 
Obrigada, minha amiga Verinha por me teres convidado para a tua primeira blogagem colectiva. Que esta seja um sucesso e te traga esclarecimento acerca deste assunto.
 
Espero ter ajudado.
 
Beijinhos,
 
Cris Henriques

12 comentários:

  1. Olá Cris!
    Muito interessante o tema dessa BC.
    Faz pouco tempo que tomei conhecimento sobre esse assunto.
    Pra ser sincera,nem imaginava que pudesse existir pessoas assim.
    Sua postagem ficou bem elaborada e informativa,e aprendi um pouco mais sobre assexualidade.
    Acredito que uma pessoa assexuada sofra preconceito,assim como aquela que é viciada em sexo.
    Mas merecem nosso respeito,afinal,não sentir atração sexual por ninguém,não é nenhum crime.
    Abraços e uma boa semana \o/

    ResponderEliminar
  2. Olá amiga querida,
    Eu que agradeço por aceitares meu convite. Então amiga como você conheci sobre o assunto no blog do Christian. Não conheci nada sobre o assunto, pensei ser uma nova opção, mas já é antiga, mas reservada,quem tem dificilmente conta para alguem, passam anos de suas vidas vivendo assim e sofrendo em silencio por pensar que não é normal ou até impotente. Que dó não é mesmo? Não poder se mostrar para o mundo. Claro que tudo parece que esta mudando, aos poucos mas estão. Há um longo caminho a percorrer.
    Beijinhos amiga, adorei seu post e que bom que você colaborou com mais informação enriquecendo nossa blogagem. Beijinhos milll

    ResponderEliminar
  3. Muito explicativa sua matéria. Conheço um cara assim. Mas tem a ver com sua crença, como ele mesmo afirma. Bom, Cada um cada um...

    ResponderEliminar
  4. Boa noite Cris minha amiga..
    Olha!!! Seu post ficou lindo.. sua visão sobre o assunto maravilhosa.. e suas palavras lindas por demais..
    Concordo que o melhor a fazer amiga é respeitamos sim a opinião de cada um .. a vida é sim feita de escolhas.. e o importante é sermos felizes..
    Seja com sexo, sem sexo.. ser feliz independe disso..
    Claro que cada casal é um casal, cada pessoa é uma pessoa.. mas na vida o importante é tentarmos ser feliz...

    Adorei sua participação.... seu texto está maravilhoso..
    Um beijo mais que carinhoso e uma noite perfeita viu?
    Sheila

    ResponderEliminar
  5. Oi, Cris!
    Seu post ficou excelente!
    Eu também tive que ler sobre o assunto para escrever o meu texto e ao ler o seu, o da Verinha e o da Sheila, aprendi um pouco mais.
    Acho que você disse tudo. É uma questão de liberdade e das pessoas se sentirem bem consigo mesmas!
    Parabéns pela participação!
    Um beijo enorme!

    ResponderEliminar
  6. "Cada pessoa é como é e ninguém tem nada com isso." Acho que concordo com esse pensamento. Desde que a pessoa respeite meu ponto de vista, respeito o ponto de vista de qualquer um.

    ResponderEliminar
  7. Bom dia querida amiga Cris.
    Gostei demais de estar aqui e conhecer um pouco deste assunto ainda um tanto "censurado" o que eu não concordo.
    Como você eu não tenho preconceitos e acho que o importante nas pessoas é o sentimento puro, a não maldade, o caráter.
    Deus que TUDO vê,tudo sabe de nós entende o que somos.
    Alguém poderia me dizer o sexo de DEUS?
    Pois é...
    O sexo de Deus é AMOR!
    Então o ser assexuado, nada mais é do que: UM FILHO DE DEUS COMO TODOS.
    Então, vamos viver e conviver com todos no mesmo amor e antes de tudo ACEITAR as pessoas como elas são!
    Parabéns por abordar este assunto!
    Um beijo a todos os participantes e a você querida Cris.
    Tua amiga de sempre
    Ivany

    ResponderEliminar
  8. Oi, Cris! Também passei a pensar no assunto a partir das postagens que li, mas é porque realmente não foco muito nas diferenças que exitem entre as pessoas, cada um é livre para realizar suas escolhas e escolher seus caminhos, não é? O importante é ser feliz...Um abraço!

    ResponderEliminar
  9. Cris, gostei muito de sua postagem, você destacou algo tão importante acerca da caridade.
    Há muita gente que não sabe que a caridade é doação e não barganha. Aqui no Brasil há igrejas que vendem bençãos aos seus fiéis! Acredita nisto? Os pastores afirmam que só serão abençoados por Deus se pagarem, se derem dinheiro às suas igrejas, e pessoas acreditam que podem realmente comprar curas, prosperidade e paz de Deus. Que como a Vani tão bem descreveu é Amor, inclusive na sexualidade.
    O item 2 do dicionário português seria o que chamamos de andrógenos aqui no Brasil.
    Meus muitos parabéns pela sua participação, a Verinha escolheu um tema realmente muito interessante.

    ResponderEliminar
  10. Olá, Cris.
    Acredito que devemos aceitar a sexualidade alheia da mesma forma que devemos respeitar a religião (ou falta desta) de cada um.
    Como não existem pessoas exatamente iguais no mundo, não há porque querer que elas ajam da mesma forma ou pensem da mesma maneira.
    Cada um de nós é único, e isso se reflete em nossa sexualidade.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  11. Oi Cris
    Então amiga agradecer sua presença querida em meu site e parabeniza-la por essa postagem, muito legal mesmo
    Tenha uma quinta-feira feliz

    Abraços,
    RioSul

    ResponderEliminar
  12. Boa noite. Pesquisava sobre este assunto e encontrei este interessante blogue. O meu ex namorado é assexuado, e só assumiu depois de termos terminado a relação. Continuo a sofrer porque ainda o amo e ele sabe disso, mas durante 2 anos senti-me rejeitada e por vezes olhava-me ao espelho à procura de uma resposta para a falta de vontade dele em fazer amor. Dava inumeras desculpas para não acontecer.Ele nao se sente infeliz pela ausencia de vontade e diz que nao é importante o sexo numa relaçao. É dificil para quem gosta de fazer amor aceitar esta forma de vida ou como dizem orientaçao sexual. Este assunto ainda é um tabu e pouco aceite na sociedade, no entanto, axo que nao deveria ser motivo para discriminaçao, tal como a homossexualidade ou bissexualidade. Cada um é como é, e todos têm direito a serem respeitados.
    Um bem haja a todos. =)

    ResponderEliminar

Olá!

Seja bem-vinda/o ao blogue O Que O Meu Coração Diz.

Fique à vontade para deixar o seu comentário. Se for a primeira vez que me visita deixe com a sua mensagem o nome e o link do seu blog para que eu possa retribuir a sua visita.

* Os comentários deste blog devem falar acerca das respectivas postagens.

* Os comentários serão todos moderados e ficarão visíveis após revisão.

* Comentários ofensivos serão imediatamente apagados.

Obrigada pelo seu comentário e pela visita.

Beijos e abraços para todos,

Cris Henriques
(Autora do livro «O Que O Meu Coração Diz», criadora e administradora do blogue.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tradutor do Google

Acerca das imagens do blog...

Algumas imagens contidas no blog foram colocadas nas postagens apenas para ilustrar o conteúdo, dando-lhe mais beleza. Essas imagens foram encontradas no navegador Google e estão inseridas noutros sites, ou blogs. Se alguma dessas imagens for sua, peço que me informe pelo Formulário de Contacto, ou pelo meu e-mail para que eu a possa retirar e substituir.

Conversor Tipográfico

From:
To:
Result:
UnitConverter.org - the universal assistant for all of your unit conversion needs.

Siga por Email

Recebe Grátis a Newsletter

Adiciona o teu Em@il para receberes as actualizações:

Enviado por FeedBurner

DigNow