Seguidores

Acompanhe-me nas Redes Sociais


Gostaste? Então, (com)partilha nas Redes Sociais

domingo, 30 de setembro de 2012

Opinião dos Leitores/Resultado dos Votos – Dicas de Informática

Olá a todos os leitores!

Chega hoje ao fim a votação acerca de se deveria postar aqui no meu blog Dicas de Informática Geral e de Web design com Tutoriais passo-a-passo, ou se deveria criar um novo blog para este fim, uma vez que o blog O Que O Meu Coração Diz tem a ver com escrita, poesia, contos, histórias e reflexões espirituais.

Devido à consideração que tenho pelos meus leitores e amigos, escrevi um post a pedir a opinião de todos e criei até um sistema de voto para ficar registado. Quem quiser ler esse post, clique no Opinião dos Parceiros/Amigos e Leitores do Blog.

Dicas de Informática Geral, O Que O Meu Coração Diz, Cris Henriques, http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com
Imagem Microsoft Office

Todos colaboraram, deixando as suas opiniões nos comentários e votando. Houve quem já tivesse deixado uma ideia para o primeiro post, foi a amiga Verinha do blog Eternamente VV. Minha amiga, a tua sugestão foi aceite e será atendida.

Grafico1
Imagem Cris Henriques.

Este é o resultado dos votos. Como podem ver, a votação foi unânime e portanto, as Dicas de Informática em Geral e de Web Design com tutoriais passo-a-passo vão ser feitos aqui.

Agradeço a todos a vossa colaboração e apoio.

Muito obrigada, amanhã haverá o primeiro post do tema proposto: Informática.

Beijinhos a todos,

Cris Henriques

sábado, 29 de setembro de 2012

Falta de Inspiração?

MP900439423
Imagem do Microsoft Office

Todos nós de vez em quando, experimentamos uma ausência de inspiração. Queremos escrever um artigo, um post, ou um conto, uma reflexão, uma poesia, algo assim mas… nada nos sai. 

Ficamos como uma folha de papel em branco, ou se formos escritores modernos que usa o laptop para escrever, ficamos com olhar fixo na folha em branco do processador de texto, ou blog e… NADA! O cursor fica ali no ecrã a piscar à espera que escrevamos.

Neste caso, o que devemos fazer?

As vezes tenho destes momentos, acho que vocês também devem ter, não é? Só que eu já descobri como ultrapassar estes momentos e trato logo de agir! Não sou de ficar de braços cruzados “a olhar para ontem!”, sou mais do tipo de agir!

Assim, hoje tive a ideia de postar umas dicas para vos ajudar a ultrapassar esta crise, mas são dicas baseada na minha experiência, claro.

1. Ver desenhos animados! A vossa alma precisa rir, por isso vejam desenhos animados. Nesses momentos costumo fazer isso. Resulta!

2. Ver comédias românticas, ajuda a descontrair. Nada de melodramas, coisas que deprimam!

3. Ler um bom livro com uma história interessante, ou poesia. Um bom escritor precisa ler, para se desenvolver, aprofundar. Escritor que não lê, não vai longe…

4. Faça algo que o ajude a aliviar a tensão, a ansiedade. Pratique desporto, faça caminhadas no campo ou na praia, faça yoga, tai chi, ou medite. Ajuda a acalmar.

5. Quando sair, observe as pessoas que estão naquele lugar. Todos temos uma história, tente imaginar como serão as dessas pessoas e depois anote tudo o que lhe vier à ideia. Depois ao chegar a casa tente escrever algo com o que anotou antes e a inspiração voltará.

Espero que estas dicas vos ajudem.

Um beijo a todos,

Cris Henriques

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Se Os Meus Olhos Falassem

Paixão

“Se os meus olhos falassem
Segredavam-te ao ouvido,
Palavras que te mostrassem
Como meu amor é sentido.

Minhas asas se abriam
Prosseguia numa viagem,
Com teus beijos me cobriam
Tua boca tão selvagem.

Teus braços me abraçavam
Teu corpo me recebia,
Nossas línguas se entrelaçavam
Nossas almas se uniam.”

Do livro: O Que O Meu Coração Diz

Cris Henriques

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

As 5 Maiores Invenções da Humanidade – 15ª BC Café Entre Amigos

5maioresinvençõesdahmanidade
Imagem do blog Café Entre Amigos

Selo Obrigatório para Participação da 15ª Blogagem Colectiva
Uma ideia de: Patrícia Galis

Olá a todos os amigos, leitores e parceiros de blog!

Hoje é Quarta-feira e como é sabido pelos leitores mais fieis e mais presentes do blog, todas as semanas participo na Blogagem Colectiva – (BC) –, do blog Café Entre Amigos organizada pela querida amiga Patrícia Galis.

Se ficou curioso(a) e deseja participar desta bc, ou em outras bc’s posteriores, vá até ao blog do Café Entre Amigos em www.cafeentreamigos.com e entre em contacto com a amiga Patrícia Galis para saber mais.

Então, vamos começar. O tema para esta 15ª bc para esta semana é…

AS 5 MAIORES INVENÇÕES DA HUMANIDADE
15ª BLOGAGEM COLECTIVA


Deste que Deus criou o universo e a vida na terra, tivemos seres muito criativos reencarnando e inventando coisas que muitos ainda são usados por nós, pois tudo tem um princípio básico e que novos génios melhoram para nosso melhor benefício.

Penso que tudo começou com o invento da roda e isto deu origem a muitos outros inventos mecânicos e motorizados no seu seguimento, todos esses objectos têm rodinhas dentadas, até nas coisas mais simples como um relógio despertador com ponteiros, o carrinho de corda de brinquedo, uma máquina de café, etc.

Mas na minha opinião, as 5 maiores invenções da humanidade foram a linguagem escrita e a numérica, que apesar de estarmos no século XXI estas linguagens não foram substituídas.


MP900399540 MP900341497
Imagens no site da Microsoft Office

1. Letras & Números

A escrita propriamente dita, nasceu com a necessidade do desenvolvimento da sociedade e da economia, que ocorreram com mais progresso no Médio Oriente onde utilizavam a escrita cuneiforme que evoluiu para registos de tempo e de trabalho. A escrita cuneiforme era utilizada com objectos que cunhavam. Mas foi por volta do ano 3500 a. C. que na Mesopotâmia os sumérios e no Egipto os egípcios criaram um sistema de escrita em hieróglifos e pictogramas, que com o tempo as formas tornaram-se mais práticas, simples e abstractas.

O que seria de nós sem a escrita, sem os livros?

Não teríamos chegado muito longe…

Os números também são muito importantes, porque quase tudo gira à volta da matemática. Já pensaram nisso?

[Fonte: Wikipédia]

MP900401904MP900438633
MP900438401
Imagem no site da Microsoft Office.

2. ELECTRICIDADE E DIVERSAS FONTES ENERGIA

A electricidade é algo que considero importante, tal como as diversas fontes de energia, porque tudo à nossa volta é energia, é movido e constituído por ela.

Tudo começou na Antiguidade com o electromagnetismo, quando o grego chamado Tales de Mileto descobriu que ao esfregar âmbar com pele de carneiro atraía bocados de palha. A palavra electricidade deriva do vocábulo grego eléktron, que significa âmbar em grego, como consequência da propriedade que tem essa substância de atrair partículas de pó ao ser atritada com fibras de lã. À parte o desenvolvimento no Ocidente, especula-se que objectos encontrados no Iraque, datados de 250 a.C., seriam usados como uma forma de bateria.

No século XVIII, o francês Charles François de Cisternay Du Fay comprova a existência de dois tipos de força eléctrica: uma de atracção, já conhecida, e outra de repulsão. As suas observações foram depois organizadas por Benjamin Franklin, que atribuiu sinais – positivo e negativo - para distinguir os dois tipos de carga. Nessa época, já haviam sido reconhecidas duas classes de materiais: isolantes e condutores.

É Benjamin Franklin quem demonstra pela primeira vez que o relâmpago é um fenômeno eléctrico, por meio da sua famosa experiência com uma pipa (papagaio). Ao levantar o papagaio num dia de tempestade, Franklin consegue obter efeitos eléctricos através da linha e percebe então que o relâmpago resultava do desequilíbrio eléctrico entre a nuvem e o solo. A partir dessa experiência, ele produz o primeiro pára-raios.

[Fonte: Wikipédia]

Actualmente existem novas fontes de energia, as energias renováveis que ajudam a preservar o meio ambiente usando a energia solar, a energia eólica, etc. Hoje em dia constroem-se casas com painéis solares e muitas pessoas, já tentam adaptar as suas casas de forma a usufruírem desta energia.

GLOBAL_big

3. CADEIRA DE RODAS ELECTRICA

Na minha opinião, as cadeiras de rodas foi dos melhores inventos que foram inventados. O seu surgimento teve origem na antiguidade, na Wikipédia diz o seguinte:

A cadeira de rodas é um objecto indispensável para pessoas que apresentam dificuldade de locomoção, pode se encontrar representação de seu uso IV AC. na Antiga Grécia, em alguns artefactos. Com o aprimoramento de sua fabricação ao longo do tempo, actualmente obtém-se diversos modelos para atender as diferentes necessidades de seus usuários. Acredita-se que os egípcios foram os primeiros a utilizarem a cadeira de rodas, como uma espécie de carrinho de mão para transportar pessoas, entretanto em alguns objetos gregos há gravuras feitas em torno do século IV AC. de Hefesto, retractando a utilização da cadeira de rodas. Deus grego da metalurgia, responsável por ser o ferreiro dos deuses ele era adorado por artesões, metalúrgico e era conhecido entre os romanos por ser o deus dos vulcões. Nitidamente na ilustração observa-se Hefesto acomodado sobre uma cadeira de rodas com aros e dois cisnes para movimenta-la, dando alusão de ser autopropulsara e utilizável tanto em água como em terra, ou seja, não necessitava da força do ocupante.
Outra representação encontrada na abertura de um vaso grego observa-se novamente, o deus grego Hefesto como na primeira ilustração sobre uma cadeira de rodas, sendo recebido como um conviva entre os demais deuses do Olimpo.
Observa-se que na cultura grega, outro artefacto raro encontrado uma pintura representando uma cama adaptada com rodas, possivelmente usada como berço, do século VI AC.

[História completa das cadeiras de rodas na Wikipédia].

Actualmente as cadeiras de rodas evoluíram muito, pois existem de vários modelos com diversas finalidades, mas acima de tudo têm o objectivo de trazer maior autonomia a nós deficientes motores, havendo modelos eléctricos e motorizados.

Eu possuo uma com a graça de Deus e nela me desloco diariamente trazendo-me mais independência.

Obrigada, meu Deus.

MP900438475
Imagem no site da Microsoft Office.

4. A INTERNET

A Internet faz parte da minha lista das 5 maiores invenções da humanidade, não podia faltar, visto que para mim é das “ferramentas” mais úteis que temos. Com a Internet diminuem-se as distâncias entre as pessoas, através das Redes Sociais como o Facebook, o Twitter, através dos programas de mensagens instantâneas como o Messenger – MSN, ou o Skype conversando online. Para tal, basta ter um servidor de correio electrónico – e-mail e um computador. Pode-se conhecer novas pessoas onde quer que estejam, trocar fotografias, ver vídeos, instruir-se com jornais, ler livros em formato digital, etc.

A Internet surgiu a partir de pesquisas militares nos períodos áureos da Guerra Fria. Na década de 1960, quando dois blocos ideológicos e politicamente antagônicos exerciam enorme controle e influência no mundo, qualquer mecanismo, qualquer inovação, qualquer ferramenta nova poderia contribuir nessa disputa liderada pela União Soviética e pelos Estados Unidos: as duas superpotências compreendiam a eficácia e necessidade absoluta dos meios de comunicação. Nessa perspectiva, o governo dos Estados Unidos temia um ataque russo às bases militares. Um ataque poderia trazer a público informações sigilosas, tornando os EUA vulneráveis. Então foi idealizado um modelo de troca e compartilhamento de informações que permitisse a descentralização das mesmas. Assim, se o Pentágono fosse atingido, as informações armazenadas ali não estariam perdidas. Era preciso, portanto, criar uma rede, a ARPANET, criada pela ARPA, sigla para Advanced Research Projects Agency. Em 1962, J.C.R LickLider do Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT) já falava em termos da existência de uma Rede Galáxica.
A ARPANET funcionava através de um sistema conhecido como chaveamento de pacotes, que é um sistema de transmissão de dados em rede de computadores no qual as informações são divididas em pequenos pacotes, que por sua vez contém trecho dos dados, o endereço do destinatário e informações que permitiam a remontagem da mensagem original. O ataque inimigo nunca aconteceu, mas o que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos não sabia era que dava início ao maior fenômeno midiático do século 20', único meio de comunicação que em apenas 4 anos conseguiria atingir cerca de 50 milhões de pessoas.
Em 29 de Outubro de 1969 ocorreu a transmissão do que pode ser considerado o primeiro E-mail da história.[1] O texto desse primeiro e-mail seria "LOGIN", conforme desejava o Professor Leonard Kleinrock da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), mas o computador no Stanford Research Institute, que recebia a mensagem, parou de funcionar após receber a letra "O".

[Fonte: Wikipédia]

A Internet em Portugal surgiu na Universidade de Lisboa foi a primeira entidade em Portugal a ter uma ligação à Internet. Pouco depois, a Universidade do Minho também o fez, usando uma linha de 64Kb (da Telepac, IP sobreX.25) para a França.

Em 1990, o PUUG (Portuguese Unix Users Group) começa a comercializar ligações à Internet em Portugal[2].
Em 1992 a FCCN inicia registos de domínios em .pt, e em Dezembro de 1993 existem 40 domínios .pt registados. O primeiro servidor web nacional foi activado pelo LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil) em 1992.

Em 1993 o acesso à Internet é aberto aos alunos da Universidade do Minho.
Em 1996 existem 10 entidades [3] com licença para prestação de Serviços de Telecomunicações Complementares Fixos, no âmbito dos quais se pode enquadrar o acesso à Internet.

[Fonte: Wikipédia]

MC900433050
Imagem no site da Microsoft Office.

5. COMPUTADOR PORTATIL

E por último, o computador portátil, também conhecido como laptop que para mim é muito útil e prático. Um escritor moderno necessita de um laptop para poder levá-lo consigo para qualquer lugar e assim, aproveitar os seus momentos de inspiração.

Esta é a minha participação em mais uma bc semanal de Patrícia Galis. Havia muitíssimos inventos importantes para serem falados, mas só eram permitidos 5 e foi 5 que classifiquei aqui.

Obrigada.

Beijinhos e abraços,

Cris Henriques

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Por Amor – 5ª Parte

Imagem aqui.

Os ciúmes enlouqueciam-na. Até que, subitamente sentiu um beijo na boca. Um beijo de uns lábios muito doces, ternos que lhe eram familiares. Era Sofia. Dani correspondeu ao beijo de forma intensa, deixando que ela tomasse as rédeas daquele momento de amor, de paixão. Sofia vinha ávida de desejo, os seus beijos tornaram-se ardentes e acenderam o fogo existente nos seus corpos. Os beijos trocados entre as duas eram de tirar o fôlego.

Sofia e Dani, arrancaram as roupas uma da outra e fizeram amor de uma forma extremamente intensa, apaixonada, consumindo-se naquele fogo intenso que sentiam e como só dois seres que se amam verdadeiramente podem fazer.

No fim e exausta, Dani observou Sofia adormecida no seu peito. Era uma mulher linda, tinha cabelos negros, longos e ondulados, pareciam seda ao deslisá-los pelo seu corpo. A pele era muito branca, não tinha aquele tom de pele morena que escurecia ao sol, mas tinha um sinal em forma de meia-lua num dos seios. Tinha um corpo muito atraente com belas formas femininas, onde Dani se perdia e encontrava nas suas curvas. Morria de ciúmes quando via Rui a falar com ela. Ele era o Senhorio e portanto, era muito natural encontrá-los de vez em quando a conversarem.

Algumas horas mais tarde, Sofia acordou e viu que Dani estava acordada e, rabiscava qualquer coisa no bloco com a esferográfica.

─ Olá! ─ Disse meio ensonada. ─ Que estás a fazer?

─ Nada de especial, ─ disse sorrindo.

─ Mostra!

─ Ainda não… ─ e piscou-lhe o olho, ─ não está pronto.

Sofia estava curiosa e queria ver, então ergueu-se sobre os ombros e precipitou-se para beijar a sua amada. Ela cedeu e Sofia roubou-lhe o bloco e riu-se.

─ Sofia, assim não vale! Não está acabado…

─ Tola! Parecias um gajo agora! ─ Disse rindo e levantou-se para ver o que Dani tinha rabiscado na folha.

─ Porquê? Porque dizes isso?!

─ Porque com a minha sedução beijei-te só para te roubar o desenho e tu nem desconfiaste de nada! Isso é uma actitude típica de homem! ─ e dizendo estas palavras riu-se, Dani fez-lhe uma careta e deitou-lhe a língua de fora, amuada.

Sofia avançou até à janela do quarto e viu o que estava rabiscado na folha do bloco. Os seus olhos encheram-se de lágrimas devido à emoção. Era um desenho dela a dormir minutos antes. Apesar de ser apenas um esboço feito a esferográfica, estava muito parecido com ela.

─ Desculpa, Amor, eu faço outro depois que esse não está bom… ─ Murmurou Dani a pensar que Sofia estava a chorar por não ter gostado.

─ Não, não é nada disso. Está lindo, Amor. Estou apenas emocionada com a beleza do esboço. Está perfeito! ─ Exclamou abraçando-a. ─ Devias mostrar a alguém, porque está realmente muito bom.

─ Ó, Amor que exagero! É só um esboço e feito com esferográfica, não está nada de especial. Não está tão bom assim. ─ Disse abraçando-a novamente e beijando-a.

─ Amo-te.

─ Eu também te amo muito, Amor.

─ Amor, vem cá e senta-te aqui ─ disse Sofia sentando-se na cama e acariciou a colcha indicando-lhe onde se sentar.

─ Ok, está tudo bem?

─ Sim, está Amor. Só que preciso falar contigo, já devia tê-lo feito quando cheguei mas depois fizemos amor e ainda não tinha tido oportunidade de te falar.

─ O que se passa?

─ É o seguinte: Amor, tenho uma novidade! ─ Disse Sofia excitada.

─ Então? ─ Perguntou Dani expectante por boas notícias.

─ Arranjei trabalho por uns dias e estou a receber também. Não é muito, mas é melhor que nada.

─ Fixe! ─ Exclamou feliz e abraçou-a. ─ E onde é? O que é para fazeres? Perguntaste se também havia para mim?

─ É na lota, na banca da venda do peixe.

Dani suspirou chateada, assim ela iria ver o Rui com mais frequência... Ele ia muito lá.

─ Por favor, não te zangues comigo. Eu vou só ficar a ajudar a D. Rosalinda a vender e a amanhar o peixe. Ela cortou-se hoje e eu ofereci-me para ajudá-la, no fim ela disse para eu aparecer amanhã, deu-me algum dinheiro e também me deu peixe para o nosso almoço. Ela gostou de mim! ─ Disse Sofia feliz.

─ Sim, ok. ─ Respondeu Dani secamente.

─ Porque estás assim? Diz-me de uma vez o que se passa, porque não estou a compreender porque ficaste de mau humor agora.

─ Ai, não? Ok, Sofia, eu digo-te. 1° disse para não ires procurar trabalho na lota e tu foste; 2° Vais ver o Rui enquanto lá estiveres, porque ele todos os dias vai à lota.

─ Não vai nada todos os dias. Enquanto lá estive hoje, nunca o vi! Ele não apareceu.

─ Oh, se calhar tinha lá ido de manhã mais cedo!

─ Não sei, mas também não interessa. Eu não quero nada com ele. Eu estou lá para arranjar dinheiro para podermos subsistir. Quero lá saber dele!

─ Não gosto dele! Ele olha-te com olhar ordinário, com um olhar de quem te quer comer...

─ Pára Dani, pára! Já chega! Tivemos esta conversa no outro dia. Pára! Estás a ficar demasiado ciumenta e isso não é bom para nós. Tens de esquecer isso e já! Tens de confiar em mim.

Os ciúmes de Dani revelavam falta de confiança e insegurança, ela estava com uma autoestima muito baixa.

─ Tenho medo que deixes de me amar... e me troques por outra pessoa...

─ Isso não vai acontecer, amo-te. Confia em mim.

─ Eu confio em ti, mas nele não.

Após o almoço, Dani dirigiu-se ao supermercado onde tinha roubado o leite para Leninha. É certo que não ia devolver o que tinha roubado, pois o leite já fora consumido. Ela queria pagar para reparar o erro, este pesava-lhe na consciência.

Estava nervosa e com receio de que o dono do supermercado pudesse chamar a polícia, Sofia advertiu-a para não fazer isso porque também ela receava que as autoridades a prendessem e tentou impedir que ela fosse lá. Discutiram e Dani saiu de casa batendo com a porta. Segundos depois ouviu Leninha chorar. Naquele momento as três choravam. Sofia e Dani choravam por receio de que Dani fosse presa e, Leninha chorava porque tinha acordado com o barulho e assustara-se.

De repente, parou antes de entrar e reflectiu alguns momentos. Estava nervosa, aquilo podia mesmo correr mal. Porém, ela já estava à porta do estabelecimento e não voltou atrás. Inspirou fundo e olhando para o céu, benzeu-se e isto deu-lhe coragem.

─ Seja o que Deus quiser… ─ Murmurou baixando a cabeça. Assim, entrou dentro da loja e decidida foi falar com o senhor que estava a atender ao balcão. Disse-lhe porque estava ali e contou-lhe o que se tinha passado, no fim, pousou o dinheiro e pediu perdão mostrando seu profundo arrependimento.

Continua…

Cris Henriques



segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Tuas Mãos

hands
Imagem daqui.

“Nesta noite quente
Estrelas brilham triunfantes
Lembranças invadem minha mente
Desse teu corpo vibrante.


Essas tuas mãos macias
Acariciam-me a pele suave
Abrem o portal da magia
Com tamanha intensidade.


Mãos atrevidas que sabem o que fazer
Percorrem meu corpo que sempre foi seu
Deixam-me rendida com imenso prazer
Prendendo-me em ti, nesse fogo teu.


Nossos corpos enroscados
Vibrando de paixão
Transpiram entusiasmados
No calor da emoção.


No auge desta aventura
Entregamo-nos ao prazer
Beijas-me com loucura
Exaltando o meu ser.”

Do livro: O Que O Meu Coração Diz

Cris Henriques

domingo, 23 de setembro de 2012

Por Amor – 4ª Parte

Imagem aqui.

No dia seguinte, Sofia saiu cedo e foi à lota. Antes de ir, alimentou Leninha e adormeceu-a novamente.

─ A mamã já vem, Amor. Vai trazer papinha para ti. ─ Disse num murmúrio para não a acordar e nem acordar Dani. Não queria que Dani acordasse antes dela sair, pois sabia que discutiriam novamente…

Beijou a menina ao de leve e aconchegou-lhe a roupa. Desta forma ficava mais descansada.

Deixou um bilhete a Dani, para que ela não ficasse muito chateada consigo e saiu. Mas sabia que ficaria, com certeza. As lágrimas escorriam pelo seu rosto, pois sabia que estava à beira de fazer algo que iria magoar o Amor da sua vida, em nome de um Amor Maior: a filha.

Duas horas mais tarde, Dani acorda com o choro de Leninha. Ela devia estar com fome, sorriu e levantou-se para cuidar da menina.

─ Bom dia, Amor da Mãe! Olha a papinha, Amor! ─ Disse para Leninha, pegando-lhe e alimentando-a. Comeu o pequeno-almoço, fez a lida da casa mas sempre a falar com ela. Adorava falar com a menina, pois sabia que ela a escutava. Em seguida, mudou-lhe a fralda, vestiu-a e levou-a consigo para a cozinha.

Não muito tempo depois, Leninha adormeceu e só então Dani encontrou o bilhete de Sofia que dizia:

Bilhitinho 2

Dani achou estranho aquele bilhete, mesmo apesar de o ter lido mais do que uma vez.

─ Mas que raio significava isto? ─ Questionou-se em voz alta.

A vontade que tinha era de ir atrás dela, procurá-la e perguntar-lhe pessoalmente que raio de bilhete era aquele. Só que não podia. Não agora. Não podia deixar a menina sozinha. Não podia, nem devia fazer isso.

Sentou-se no sofá e pôs as mãos na cabeça a pensar, depois recostou-se para trás.

─ O que é que eu faço…? ─ Murmurou com seus botões, mas estes não lhe responderam.

Enquanto isso, Sofia foi à lota para ver o que podia arranjar para comerem. Uma senhora idosa estava na banca a amanhar o peixe e tremia muito. Os tremores eram tão fortes que ela cortou a mão. Sofia que estava na sua banca a ver o preço do peixe, tratou de ajudar a senhora imediatamente.

─ Pronto, já está tudo bem. ─ Tranquilizou-a Sofia.

─ Não, não está. Não posso amanhar o peixe assim! Vou perder dinheiro… ─ disse a senhora com ar preocupado.

─ Eu posso ajudá-la aqui. Não tenho mais nada para fazer. Chamo-me Sofia ─ disse estendendo-lhe a mão.

A senhora apertou-lhe a mão e agradeceu-lhe a ajuda.

─ Obrigada, Sofia, sou a Rosalinda. Já alguma vez amanhaste peixe? ─ Perguntou-lhe observando as suas mãos suaves sem calosidades.

─ Não, só em casa… Mas aprendo depressa! ─ Exclamou Sofia sorrindo.

Rosalinda, ensinou Sofia tudo o que era necessário saber para amanhar o peixe. No fim da venda Sofia ajudou-a a limpar tudo e acompanhou-a até a casa. Rosalinda, deu-lhe algum peixe e algum dinheiro para lhe pagar a ajuda. E disse:

─ Volta amanhã cedo, às 4h da manhã e não te atrases.

─ Obrigada, D. Rosalinda. Serei pontual. Se precisar de ajuda, ligue-me para o telemóvel. Não posso ligar porque estou sem saldo. Mas ainda recebo chamadas.

─ Não te preocupes, o meu filho ajuda-me. Até amanhã.

─ Até amanhã.

As duas despediram-se e Sofia seguiu em direcção ao supermercado para comprar leite para a menina.

─ Quem é que estava a falar contigo? ─ Perguntou uma voz de homem quando Rosalinda entrou em casa.

─ Foi uma moça muito simpática que me ajudou na lota, filho. Ela chama-se Sofia, está desempregada e tem um bebé. Como me cortei, ela ajudou-me com as coisas e combinamos para amanhã ela vir ajudar-me novamente.

─ Que bom. ─ Respondeu um filho sem lhe dar atenção, pois estava concentrado na televisão.

Entretanto, Dani adormecera no sofá e começou a ter um pesadelo horrível. De repente, viu Sofia na cama com Rui. Viu-o possui-la fervorosamente e viu-a sentir prazer... A seguir viu-o pagar-lhe com dinheiro no fim e com esse dinheiro, ela pagou as contas de casa, mas também a quem elas haviam pedido fiado. Viu-a comprar comida... O seu coração batia com força, o suor escorria pelo seu rosto...

Continua…

Cris Henriques



sábado, 22 de setembro de 2012

Outono

MP900181596
Imagem veio daqui.

“Está frio
A chuva que cai é fria
As árvores já se vão despindo para o Inverno
Mas é Outono.


Os dias estão mais tristes
Cinzentos
O frio fica mais intenso
E o calor que era morno vai desaparecendo.


O meu coração está coberto por uma bruma,
Um nevoeiro…
Estás longe, a milhas de mim
Queria tanto ter-te aqui.


Fecho os olhos
E penso em ti…
Penso nos momentos
Que passámos no verão.


Recordo os nossos passeios à beira-mar,
As nossas saídas nocturnas,
As nossas madrugadas de amor
Sob a luz da lua.


Sei que tenho de esperar,
De ser forte…
Não posso desanimar
O nosso amor não acaba nem com a morte.


E num dia soalheiro
Chegas a sorrir
Fazes muito mais que o sol
Fazes-me tão feliz.”

Do livro: O Que O Meu Coração Diz

Cris Henriques

P. S. – Hoje é o primeiro dia de Outono aqui em Portugal, onde resido e onde nasci. Estou a despedir-me do Verão com saudades, já… Mas abro os braços para acolher o Outono e sorrio, porque ele ainda tem algum calor do Verão, pelo menos inicialmente. Tudo na vida é momentâneo e temporário, por isso vamos sorrir para a vida e ela vai, por certo retribuir esse tão belo sorriso.

Viva o Outono!

P. S. 2 – Ah, é verdade! Continuo a necessitar das vossas opiniões, acerca de abrir um novo blog para escrever dicas e tutoriais de informática em geral, ou se escrevo tudo neste mesmo blog. Para saberem do que estou a falar, leiam o post de ontem clicando aqui… ➳ Link. Não se esqueçam de votar! O sistema de voto encontra-se no topo da página do sidebar à direita.

Obrigada!

Abraços a todos.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Opinião dos Parceiros/Amigos e Leitores do Blog

Olá a todos!

Estou a escrever este post, porque estou um pouco indecisa e preciso da vossa opinião.

Como é sabido por todos os que me acompanham, sou uma pessoa versátil, eclética, criativa e autodidata. Quando abri este blog, foi com o objectivo de trazer mais visibilidade e fazer divulgação ao livro que dá o nome ao meu blog «O Que O Meu Coração Diz» e postava aqui inicialmente, apenas as poesias contidas no livro.

Depois, comecei a introduzir outros textos, tais como: prosas, contos, artigos referentes a espiritualidade, blogagens colectivas de amigos, dicas para escritores modernos, artigos que divulgam as novidades do blog, notas de avisos, de agradecimento e de pedidos de desculpa.

MP900430721
Imagem veio daqui.

No entanto, tenho recebido perguntas acerca de informática e um amigo que me visita regularmente, sugeriu-me que escrevesse aqui acerca de dicas de informática em geral. Até agora, não tenho falado muito sobre este assunto, porque estou a criar um blog para escrever tutoriais de software de informática. Porém, não tenho tido muito tempo para me dedicar a esse blog… e estou na dúvida se não será melhor escrever esses posts de tutoriais aqui, uma vez que ando mais por este blog?

O que acham?

A vossa opinião é muito importante para mim, pois são vocês que ajudam este blog a manter-se online.

Então deixo um Inquérito no alto da página à direita para que votem e me ajudem a decidir. Terão até ao dia 30 de Setembro de 2012 para votar e as votações encerram às 23h59 minutos, hora portuguesa. Será 9 dias de votação.

Lembro que também podem escrever a vossa opinião nos comentários.

Obrigada.

Abraços,

Cris Henriques

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Top 10 Personagens (1ª parte “Cinema”) – 14ª BC Café Entre Amigos

top10cinema
Imagem daqui.

14ª Blogagem Colectiva do blog Café Entre Amigos


Produzida por: Patrícia Galis

Tema: Top 10 Personagens
(1ª Parte – Cinema)

Olá amigos!

Hoje é quarta-feira e é dia da blogagem colectiva do blog Café Entre Amigos, da querida amiga Patrícia Galis. Para esta 14ª BC, a nossa amiga propõem-nos que elejamos um Top 10 de Personagens, do mundo da 7ª Arte.

hh

Pessoalmente, gosto muito de cinema. Mas as bilheteiras, estão muito dispendiosas e portanto, costumo ver mais os filmes que passam na televisão, ou em DVD. Agora com os serviços de TV por cabo, torna-se mais fácil ver bons filmes, pois através do serviço vídeo clube podemos alugar filmes.


TOP 10 PERSONAGENS
c

1. Charlot – Charlie Chaplin

Imagem veio daqui.

2. O Bucha & Estica – Stan Laurel e Oliver Hardy
Imagem veio daqui.

3. Joseph Donnelly – Tom Cruise
Imagem veio daqui.

4. Morgan Adams – Geena Davies
Imagem veio daqui.


5. William Wallace – Mel Gibson
Imagem veio daqui.


6. Jim Levenstein – Jason Biggs
Imagem veio daqui.

7. Francesca Johnson – Meryl Streep
Imagem veio daqui.

8. Evita Peron – Madonna
Imagem veio daqui.

9. Dylan Sanders – Drew Barrymore
Imagem veio daqui.

10. George – Greta Sccachi

Imagem veio daqui.

uuuuuuuuuuu

E pronto, fica aqui a minha participação em mais uma blogagem colectiva. Incorporei vídeos para mostrar melhor as personagens, nesses mesmos filmes. Espero que gostem.

Beijinhos,

Cris Henriques

iiiiiii
Fim

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Assexuados: Qual a sua opinião? – 1ª BC do blog Eternamente VV

ASSEXUADOS BC ETERNAMENTE VV
Imagem aqui.

1ª Blogagem Colectiva do blog Eternamente VV
 
De 17 a 20 de Setembro de 2012
 
Título: Assexuados - Qual A Sua Opinião?
 
Organizada por: Verinha
 
Olá a todos os participantes da 1ª blogagem colectiva do blog Eternamente VV, em http://eternamentevv.blogspot.com.br.
 
Introdução
 
Antes de mais, dou-te os meus Parabéns, amiga Verinha pela tua iniciativa e pelo tema escolhido, que nos trará mais informação acerca da assexualidade e também maior conhecimento.
 
As blogagens colectivas têm o objectivo de reunir pessoas, blogueiros para se discutirem temas da nossa sociedade em geral, ou temas profundos e às vezes polémicos. Porém, devemos ter sempre a mente aberta e aceitar as opiniões de cada um, respeitando-o sempre. Na vida as coisas funcionam do seguinte modo: se queres ter Amizades, sê o primeiro a ser amigo dessas pessoas; se queres Amor, sê o primeiro a amar; sê queres ser perdoado, sê o primeiro a perdoar. Por outras palavras, não esperes receber o que não podes, ou não aprendeste a dar.
 
No entanto, quando deres fá-lo desinteressadamente. Nunca dês a pensar na recompensa, pois isso não é dar. Isso é trocar. Quando deres, dá com amor.
 
MC900438726
Imagem aqui.
 
Começando…
 
Sobre a assexualidade, tive que pesquisar acerca do assunto, pois, em Portugal ainda estamos um pouco atrasados e não se sabe o que é um ser assexuado. Quando se pergunta a alguém, a resposta que se ouve é: “uma pessoa não pratica sexo”, ou “alguém que não gosta de sexo”. No dicionário português online da Porto Editora diz o seguinte:

adjetivo

1. BIOLOGIA sem sexo

2. que não parece pertencer a um sexo determinado

3. que parece não ter desejo ou vida sexual;

BIOLOGIA reprodução assexuada reprodução em que não há o concurso dos gâmetas, reprodução orgânica.
 
(Do grego a-, «sem»+latim sexu-+-ado)
 
 
Contudo, pesquisei em vários sites tais como na Wikipédia, no Situado, no Mundo das Tribos e no ABC da Saúde. Então aprendi que a assexualidade, é considerada para alguns como uma orientação sexual, tais como: a heterossexualidade, a homossexualidade, a bissexualidade, a transsexualidade, etc. Outros dizem que pode ser inibição sexual, que a pessoa em questão não encontrou a pessoa certa que lhe estimulasse o desejo.
 
Aprendi que ser assexual, não é o mesmo que ser celibatário. Os celibatários, optam por não se relacionarem sexualmente com ninguém. Enquanto, que os assexuais simplesmente não sentem desejo e nem interesse por se relacionarem sexualmente, nem sofrem com isso. Mas na verdade, ainda médicos e cientistas ainda estão a estudar o assunto.
 
Nunca pensei que a assexualidade, fosse uma orientação sexual até há poucos meses atrás quando li acerca deste assunto no blog Café Entre Amigos, da amiga Patrícia Galis e também no blog Escritos Lisérgicos, do amigo Christian V. Louis.
 
Pessoalmente, não tenho nenhum conhecimento de alguém do meu círculo social ser assexual, se houver não é uma coisa assumida ainda. Porém, conheço uma moça que pode muito bem ser assexual. Senão, vejamos… Com 34 anos de idade, ela nunca teve nenhum namorado e ao que tudo indica, continua virgem. Ela não demonstra sentir interesse sexual nem por homens, nem por mulheres. Nem mesmo quando ela era adolescente, enquanto as primas e amigas da mesma idade, falavam de rapazes e de desejos sexuais, ela não manifestava esse tipo de interesse. Nessa altura, em que também era adolescente cheguei a pensar que ela fosse lésbica, como eu. Mas agora vendo por este ponto de vista, ela talvez seja mesmo assexual. Ela age com naturalidade, nem pensa em casar com ninguém e não pensa em sexo. Por isso, não ponho de lado a ideia dela ser assexual, não sei.
 
Como não sou uma pessoa preconceituosa, vejo a assexualidade como orientação sexual e sem maldade. Cada pessoa é como é e ninguém tem nada com isso, pois temos liberdade para sermos o que quisermos ser. Desde que nos sintamos bem connosco próprios, é o que importa.
 
A sociedade em que vivemos, continua muito preconceituosa e cria rótulos para tudo. Acho isto um perfeito disparate. O preconceito e o sentido crítico gera pessoas com mentes muito limitadas, demasiado racionais e apaixonadas pela sua mente. A vida para elas é vivida calculadamente e desprovida de sentimentos, como a espontaneidade e a paixão.
 
E aqui fica a minha participação…
 
Obrigada, minha amiga Verinha por me teres convidado para a tua primeira blogagem colectiva. Que esta seja um sucesso e te traga esclarecimento acerca deste assunto.
 
Espero ter ajudado.
 
Beijinhos,
 
Cris Henriques

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Gostaria de fazer mas não tenho coragem… – 13ª BC Café Entre Amigos

gostariadefazermasnaotenhocoragem
Imagem aqui.

13ª Blogagem Colectiva do blog Café Entre Amigos.

Autora: Patrícia Galis

Tema: Gostaria de fazer mas não tenho coragem…

Olá a todos os participantes, especialmente a quem está de chegada seja muito bem-vindo!

Antes de começar a minha participação, quero dizer-vos que apesar de muito querer ter feito isto antes, não consegui. Tive um dia complicado, não sei se já vos contei mas além de astróloga, de poetisa e de ser aprendiz de Web designer, também arranjo/conserto computadores, limpando os vírus e actualizo o sistema, configuro, etc. Resumindo, faço a parte toda da instalação de software. Pois é e estes 3 dias foram muito intensos. 

Primeiro arranjei o pc de uma amiga que ficou infectado com um vírus daqueles muito chatos que, bloqueia todo o sistema e nem permite que se ligue o pc à internet… Já estava preocupada, pois estava a ver que tinha que formatar o sistema todo e depois reinstalar tudo novamente, actualizar, etc. Mas felizmente a ferramenta Combofix salvou-me e graças a Deus!

Depois ontem à tarde, após ter terminado de escrever esta blogagem colectiva, fui pesquisar uma imagem para ilustrar o texto e foi então que o inesperado aconteceu! Apanhei o mesmo tipo de vírus que tinha limpo do pc da minha amiga e também da mesma maneira, pesquisando imagens. Só que quando tentei limpar com o Combofix, o pc desligou-se abruptamente mesmo estando em modo de segurança. Então, fiquei preocupada porque tinha coisas importantes aqui que não tinha salvo e a formatação, iria apagar tudo!

O que fazer então?

Liguei para uma amiga técnica de informática que me tem ensinado praticamente tudo o que sei sobre problemas com vírus e ela deu-me instruções com muita paciência e amizade. Fiz tudo o que ela recomendou, mas desta vez não estava a resultar… Então parei, o pc estava só a desligar devido ao facto de estar muito quente e deixei-o arrefecer até ao meio-dia de hoje. Usei a nova ferramenta que a minha amiga me recomendou, mas ao fim de 30 minutos de scannear o pc tornou a desligar-se, porque estava quente. Então, quase já sem esperança voltei pôr o pc a iniciar no modo de segurança em rede e regressei à ferramenta Combofix e resultou, limpou o vírus e a prova é que estou a participar na bc!

Portanto, fica o aviso: CUIDADO AO ABRIREM IMAGENS NA INTERNET!

Começando a bc…

Ora bem, este tema não foi fácil fazer hoje. Tive que pensar muito. Geralmente, não sou pessoa com medos e quando gosto de algo, faço, a não ser que a minha condição física não me permita, ou a situação monetária.

Então, pensei, pensei e pensei… e lá encontrei uma coisa que eu “gostaria de fazer mas não tenho coragem…” e era uma tatuagem. Gostava de fazer no braço, ou nas costas uma fénix. Identifico-me com este ser mítico em que este passava por ciclos de morte e renascimento, renascendo das suas própria cinzas. Também nós humanos passamos por estes momentos, às quais chamamos provações.

Não gosto da ideia de ter uma agulha a perfurar-me a pele durante horas e meter-me tinta para dentro, pagar um balúrdio e ter de ir ao tatuador de tempos a tempos retocar, gastando mais dinheiro. Acho disparatado e além disso, receio não gostar de ter a tattoo e arrepender-me.

E é isto, aqui fica a minha participação.

Obrigada.

Beijinhos,

Cris Henriques

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Hoje é dia de agradecer!




amigos, amizade, amizade virtual, carinho, obrigada, Agradecimentos, O Que O Meu Coração Diz, Cris Henriques, http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/
Imagens do Google
 
Olá a todos os amigos!

Desde que comecei a blogar com mais assiduidade, que tenho conhecido pessoas muito especiais, com que tenho desenvolvido amizade. Com alguns destes amigos, falo praticamente todos os dias, com outros semanalmente, pois todos temos os nossos afazeres e as nossas responsabilidades. É assim que definimos as nossas prioridades. A família, o nosso amor e os amigos são das coisas mais importantes da nossa vida, são eles que estão dentro do nosso coração e é por isso que os pomos em primeiro lugar.

Então, hoje decidi escrever para os meus amigos blogueiros que tanto carinho me têm dado e que ajudam a que este blog cresça e se expanda, pois à medida que isso acontece os meus escritos vão sendo divulgados. Isto não sucede só com o blog, mas também com o livro que lhe dá o nome: O Que O Meu Coração Diz.

Imagem do Café Entre Amigos.

A querida amiga Patrícia Galis, com o extinto blog Blogueiros Que Pensam e com super activo Café Entre Amigos tem-me ajudado muito com as suas actividades semanais muito interessantes: Blogagens Colectivas e o Divã Virtual.

Muito obrigada amiga Pati, estas flores são para ti.
Imagem do Google.

Outra pessoas que agradeço com muito carinho é amiga querida Elaine Averbuch, do blog  De Dentro Para Fora. Elaine divulgou este blog na segunda quinzena de Agosto com a sua generosidade e amizade, apenas com o intuito de me ajudar a crescer, à semelhança de Patrícia Galis.

 
Muito obrigada amiga Elaine, é para ti.
Imagem Google.


O amigo Thiago Rio Sul, do blog Ô Trocy Bão, é outro amigo a quem agradeço, pois também este amigo me tem ajudado a divulgar o livro, juntamente com o meu blog e algumas poesias do livro que ele pretende publicar.

Muito obrigada querido amigo Thiago, isto é para ti.
Imagem aqui.

A querida amiga Anne Lieri, do blog Recanto dos Autores é mais uma pessoa especial, que conheci aqui na blogosfera e a quem tive o prazer de dar a minha primeira entrevista online, divulgando o livro e também o blog.

Obrigada amiga Anne, são para ti com carinho.
Imagem aqui.

Por hoje termino. O post já vai longo e já é tarde aqui em Portugal. Existem mais pessoas a quem quero agradecer, como a amiga Verinha, a amiga Gracita, a amiga Cris Coelho, o amigo Ricky El Vinkingo, o amigo Felisberto Júnior e ao meu xará, o meu grande amigo Christian V. Louis, pelo carinho e amizade que me prestam sempre. Todos eles me homenagearam de alguma maneira e eu estou muito feliz por vos ter aqui comigo. Todos vocês já conquistaram o vosso lugar no meu coração, é o que ele me diz.

Muitos beijinhos,

Cris Henriques

Imagem aqui.

Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tradutor do Google

Acerca das imagens do blog...

Algumas imagens contidas no blog foram colocadas nas postagens apenas para ilustrar o conteúdo, dando-lhe mais beleza. Essas imagens foram encontradas no navegador Google e estão inseridas noutros sites, ou blogs. Se alguma dessas imagens for sua, peço que me informe pelo Formulário de Contacto, ou pelo meu e-mail para que eu a possa retirar e substituir.

Conversor Tipográfico

From:
To:
Result:
UnitConverter.org - the universal assistant for all of your unit conversion needs.

Siga por Email

Recebe Grátis a Newsletter

Adiciona o teu Em@il para receberes as actualizações:

Enviado por FeedBurner

DigNow